Servidores administrativos querem manter jornada normatizada

O coletivo de Saúde do Sismuc definiu ontem (6) debater com a
Prefeitura pela manutenção da Portaria 26/2014, que define a jornada otimizada dos
agentes administrativos.

O tempo de trabalho dos agentes se divide até então entre
seis horas diárias de trabalho, um plantão de doze horas e mais um curso online
de quatro horas, dentro do Plano de Educação Permanente em Saúde para Agentes
Administrativos.

A gestão Greca está sinalizando mudar esse modelo, as chefias
chamaram os servidores e há rumores de supressão do curso e redistribuição das
horas trabalhadas.

Os servidores defendem que a portaria foi elaborada pelos
servidores municipais. Para isso, o coletivo homologou a mesma comissão que fez
os estudos e a negociação da portaria.

“Vamos entrar em contato com a Prefeitura para cobrar reunião”,
afirma Irene Rodrigues, da coordenação do Sismuc.

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »