Eleição para o Conselho Tutelar: servidor, candidate-se

As inscrições seguem até 11 de maio
O salário para a função é de R$ 5.961,02

 

As inscrições para o processo de escolha dos conselheiros tutelares de Curitiba começaram no dia 12 de abril e seguem até 11 de maio. E, o SISMUC orienta que os servidores públicos se candidatem às vagas, já que, estes trabalhadores e trabalhadoras conhecem o funcionamento das políticas públicas e o atendimento à população, inclusive das crianças e adolescentes.

Para a eleição, que está marcada para o dia 1º de outubro, serão escolhidos dez conselheiros titulares e dez suplentes. O salário para a função é de R$ 5.961,02.


Como se inscrever?
Para se inscrever, o candidato deve ter cadastro no e-Cidadão e depois preencher o formulário de inscrição com apresentação da documentação exigida, que consta na Resolução 41, aprovada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Curitiba (Comtiba), no dia 29 de março.

Requisitos para se candidatar:

  • Ter idade igual ou maior que 21 anos;
  • Ter no mínimo ensino médio e comprovar experiência de no mínimo três anos na promoção, proteção e defesa dos direitos de criança e adolescentes;
  • Apresentar comprovantes civil e criminal de idoneidade moral; 
  • Ter residência há pelo menos dois anos na área de atuação do Conselho Tutelar onde planeja atuar;
  • Estar em dia com a Justiça Eleitoral e não exercer mandato eletivo;

Os candidatos a conselheiro tutelar também terão que participar de uma capacitação e exame sobre conhecimentos dos direitos de crianças e adolescentes, em informática e internet.

Sobre o Conselho Tutelar
O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo encarregado de zelar pelos direitos de crianças e adolescentes. Em Curitiba, são 10 conselhos tutelares, um em cada regional.

 

 

15 de maio – Dia do/da Assistente Social

No Dia do Assistente Social, reconhecemos o papel crucial desses profissionais na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Seu trabalho é fundamental para garantir que todos tenham acesso aos seus direitos básicos e vivam com dignidade. Vamos valorizar

Leia mais »