Nota de solidariedade: Líder do MST no Paraná é assassinado

No último domingo (25), Ênio Pasqualin, líder do Movimento dos Trabalhadores
Rurais sem Terra (MST) no Paraná, foi sequestrado e assassinado em Rio Bonito do Iguaçu (PR), próximo ao Assentamento Ireno Alves dos Santos. 


Em nota, o MST lamentou a morte do companheiro, que iniciou sua militância no
MST em 1996 e ajudou a construir a luta pelo direito à terra na região.

A nota também cobrou esclarecimentos, uma intensa investigação por parte das
autoridades e a prisão dos envolvidos no crime. Segundo o Ministério Público
Federal (MPF), um procedimento administrativo de acompanhamento foi instaurado
na última segunda-feira (26) para monitorar o caso.

As direções do SISMUC e do SISMMAC expressam solidariedade à família de Ênio e
ao movimento, que vê o número de ameaças, conflitos e perseguições que já
ocorriam aumentar com os desmandos e negligência do governo Bolsonaro. Não
ficaremos calados diante da injustiça! Devemos cobrar que as autoridades
avancem no caso para identificar e prender todos os envolvidos.

15 de maio – Dia do/da Assistente Social

No Dia do Assistente Social, reconhecemos o papel crucial desses profissionais na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Seu trabalho é fundamental para garantir que todos tenham acesso aos seus direitos básicos e vivam com dignidade. Vamos valorizar

Leia mais »