A Reforma da Previdência afeta todos os trabalhadores

A Proposta de Emenda Constitucional 6/2019 que trata da Reforma da
Previdência, apresentada pelo governo Bolsonaro aumenta o tempo de trabalho e
reduz o valor da aposentadoria para todos os trabalhadores, incluindo quem já está
perto da aposentadoria. O aumento da exigência pode significar o fim da
aposentadoria para a maioria dos trabalhadores por causa do alto índice de
desemprego e do trabalho informal. Além disso, a proposta também dificulta o
acesso à aposentadoria rural e ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) que é
pago aos idosos e pessoas com deficiência.

A proposta traz prejuízos para o conjunto da população trabalhadora, prevê
pagamento menor no valor da aposentadoria, maior tempo de contribuição e aumenta
a idade mínima para se aposentar sendo 65 anos para homens, e 62 anos para
mulheres. O projeto não leva em conta os riscos inerentes a muitas atividades, a
desigualdade nos contratos de trabalhos e o trabalho informal que não conta
para fins de aposentadoria. Se for aprovada no Congresso Nacional estará criando
uma classe idosa de pobres.

O SISMUC e SISMMAC, de forma conjunta, lançaram a campanha “Não à Reforma da
Previdência”, com materiais explicativos, e vem realizando diferentes ações afim
de esclarecer a sociedade e os servidores municipais sobre os perigos da
proposta.

Junte-se à luta e diga não à reforma. O rombo da Previdência não foi
provocado pelos trabalhadores!
. Não vamos pagar a conta criada pela má gestão da
contribuição dos trabalhadores.

Confira o que já foi publicado e informe-se.

A farsa do rombo da Previdência

O que não te contaram sobre a Previdência Complementar

Privatização da Previdência

Diga não à privatização da previdência

15 de maio – Dia do/da Assistente Social

No Dia do Assistente Social, reconhecemos o papel crucial desses profissionais na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Seu trabalho é fundamental para garantir que todos tenham acesso aos seus direitos básicos e vivam com dignidade. Vamos valorizar

Leia mais »