Sindicatos cobram mesa de negociação sobre data-base

Na tarde dessa terça-feira (4), as direções dos quatro sindicatos que representam o conjunto dos servidores municipais – Sismuc, Sismmac, Sigmuc e Sinfisco – protocolaram o ofício que cobra negociação da data-base da categoria.

O funcionalismo público de Curitiba está há mais de dois anos sem reajuste salarial. A inflação acumulada entre março de 2016 e julho de 2018 é de 9,16%. E a previsão do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) é de que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado chegue a quase 10% em 31 de outubro.
Falta pouco mais de um mês para a data-base, em 31 de outubro, e é hora de esquentar o clima de mobilização nos locais de trabalho e intensificar a pressão sobre a administração Greca.
Auxílio transporte
Além de cobrar da Prefeitura a negociação do reajuste que deve ser pago no contracheque de novembro, os sindicatos também querem discutir a tentativa de alteração na forma de pagamento do auxílio transporte. “É importante que os servidores não preencham o cadastro do e-social enquanto a Prefeitura não se reunir com os sindicatos para debater a mudança”, orientam as entidades.

Não preencha o e-social enquanto Greca não receber os sindicatos

Ofício 176/2018 conjunto sindicatos data-base

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »