Urnas nas ruas, começa segundo turno

Mais uma vez, o relógio não marcava seis horas da manhã e as urnas da eleição do Sismuc já saiam para coletar os votos dos 9793 sindicalizados. É a realização do segundo turno, quando os servidores podem optar entre duas chapas e ainda escolher o conselho fiscal da entidade para os próximos três anos: 2018 até 2021. Uma nova eleição teve que ser marcada porque na primeira consulta, nos dias 4, 5 e 6 de julho, não foi possível atingir o quórum de 50% mais um votos para ser feita a apuração. Faltaram pouco mais de 100 votos. Dessa vez, o quórum mínimo é de 40% mais um votos. Isso significa 3917 votos.

Dessa vez, serão 23 urnas fixas e 22 volantes. O aumento das urnas fixas é para contemplar os servidores da Educação que estão de recesso. Além das urnas do Sismuc, da Prefeitura de Curitiba, ICS, Edifícios Delta e Laucas, os servidores podem votar em urnas instaladas nas Ruas da Cidadania e em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Os servidores ainda podem votar nas urnas volantes. Esse voto será registrado em separado. Para participar, o sindicalizado precisa de qualquer documento com foto. Inclusive crachá de identificação na Prefeitura de Curitiba. Aos aposentados, foi dada a opção de voto via correspondência. Clique aqui e confira os locais de votação.

As mesmas duas chapas do primeiro turno concorrem agora: “Chapa 1 Sismuc Somos Nós” e “Chapa 2 Sindicato é pra Lutar”. Os servidores ainda votam para o conselho fiscal, que é independente das chapas. São 16 opções, sendo que os cinco ficam com as vagas titulares e 5 com as vagas de suplentes. Clique aqui e veja as opções.

A votação ocorre nos dias 18, 19 e 20 de julho. A apuração ocorre no dia 20 de julho, após a chegada da última urna. A chapa vencedora assume o Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) a partir de 1o de setembro.

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »