Projeto de Greca acaba com licença prêmio para novos servidores

O “pacotaço” do prefeito Rafael Greca (PMN) contra o funcionalismo público não chega ao fim. Nesta segunda-feira (5), a prefeitura protocolou na Câmara Municipal um Projeto de Lei que acaba com o direito à licença prêmio para os novos servidores e servidoras de Curitiba.

No pacotaço, chamado pela administração de “plano de recuperação de Curitiba”, Greca já tinha alterado as regras para concessão da licença prêmio dos atuais servidores. Com o projeto que altera a Lei Orgânica os novos servidores não terão esse direito ao benefício da licença remunerada de três meses a cada cinco anos.

Sob a justificativa de conter gastos e “igualar” os servidores aos trabalhadores da iniciativa privada, a administração classifica a licença como uma “folga remunerada” e apresenta que o cidadão revolta-se contra “privilégios injustificáveis” e que prêmios pressupõe algo para “além da normalidade”.

Confira o projeto da prefeitura na íntegra

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »