Manifestação durante Natal de Luz expõe Curitiba nas sombras

Na noite de ontem (22) servidores municipais de Curitiba protestaram durante a Proclamação do Natal, no Centro Histórico da capital paranaense. Eles acompanharam a atividade no Largo da Ordem, de forma pacífica, segurando uma faixa onde se lia: “Natal de Luz, mas Curitiba vive nas sombras”. Em determinado momento a Guarda Municipal foi acionada e ficou na frente da faixa, numa clara tentativa de inibir o direito à manifestação.

Segundo um dos manifestantes, um dos guardas chegou a dizer que a faixa não devia estar ali “por ser um local sagrado”.

“De um lado o glamour das luzes, das operetas. Nada contra ao acesso gratuito do povo a tais espetáculos. Mas em um momento onde o servidor público teve a retirada de direitos com o pacotaço, que teve repressão violenta da PM na Câmara Municipal e Ópera de Arame, 0% de aumento no salário do funcionalismo municipal, aumento da alíquotas do ICS e IPMC em andamento que resultará em mais diminuição de salários, falta de condições de trabalho, aumento de assédio moral pelas chefias, etc. Em um momento em que unidades de acolhimento a moradores de rua tem sido fechados, que tem crescido agressões a homossexuais e moradores de rua. Um espetáculo desse porte chega a ser desrespeito com o servidor e a sociedade”, desabafa Adriana Kalckmann, diretora do Sismuc.

Não houve tumultos e ninguém foi detido. Para ver a programação completa do “Luz dos Pinhais: Natal de Curitiba”, clique aqui.

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »