De 20 demandas da Saúde, gestão Greca atende uma só

Mesa de negociação da pauta específica da Saúde, com a
secretaria municipal de Recursos Humanos (SMRH) e secretaria municipal de Saúde
(SMS), seguiu a tendência de outros segmentos dos servidores.

Neste caso, entre 20 pontos de pauta, apenas 1 foi
encaminhado pela gestão
.

Apenas a rediscussão dos Cmaes e dos ambulatórios de escolas
especiais foi apontada como possível.

O resto é não

Os itens 1 e 2, referentes à redução da jornada para 30 horas
e isonomia no recebimento de 80% de gratificação do Estratégia em Saúde da
Família (ESF), tiveram respostas de natureza não técnica – avalia o sindicato.

Isso porque a entidade sindical afirma que a prefeitura não
apresentou documentos para justificar a recusa à pauta.

“Mais uma vez (a pauta foi) atropelada, sem resposta. Pedimos
30 horas, a prefeitura rechaça e não apresenta estudo sobre isso”, critica Irene
Rodrigues, coordenadora do Sismuc.

19 itens recusados

Também foi recusado o item 6. Este ponto refere-se à inclusão
de fisioterapeutas, nutricionistas e assistentes sociais nas Unidades de Pronto
Atendimento (UPAs).

De acordo com a ata da reunião, a gestão foi evasiva quando o
assunto é terceirização nas UPAS e se unidades mistas serão transformadas em
ESF.

Material nas unidades

O sindicato também questionou se a gestão cumprirá de forma integral as Normativas do Ministério da Saúde no serviço de urgência e emergência sobre material. Ao que a gestão alegou que está discutindo o assunto e já teria levantado as necessidades para as UPAS.



Irene Rodrigues, coordenadora do Sismuc, também critica a gestão devido ao não cumprimento da Norma Regulamentadora (NR) de número 32, o que o sindicato avalia como prejudicial à Saúde do Trabalhador.



O balanço até o momento é ruim sobre as negociações com a gestão Greca. “Os servidores não são recebidos na pessoa do prefeito, e na pauta não tem avaliação positiva, tanto as cláusulas econômicas como aquelas referentes a outros temas. E a gestão não apresenta qualquer projeto”, avisa Irene Rodrigues.

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »