Municipais realizam ato no domingo contra congelamento salarial

No dia 26 de março, o prefeito Rafael Greca estará no parque
Barigui, no contexto da comemoração de 324 anos de Curitiba.

Às 14 horas, os servidores municipais se concentram no
parque, próximo à rotatória em frente à Guarda Municipal. 

Outros sindicatos municipais também estarão presentes no parque. 

A ideia é protestar contra a sinalização do prefeito de
debater o salário dos servidores, apenas após “reprogramação financeira e a
readequação das finanças”, afirma documento oficial.

O que em bom português significa submeter a data-base dos
servidores ao chamado ajuste fiscal. Com isso a proposta da gestão é de as
reuniões iniciais tratarem apenas de outros itens.

Além de não ter comparecido à mesa de negociação depois do ato do dia
15 de março, o discurso de Greca bate na tecla do “não tem jeito mesmo”.

“O servidor é o responsável por movimentar grande parte dos
serviços públicos de Curitiba. Como qualquer outro setor, ele merece
investimento, que deve ser feito na valorização deste serviço, em lugar do
investimento em publicidade”, afirma Irene Rodrigues, coordenadora do Sismuc.

Documento da Prefeitura

Em ofício da prefeitura de Curitiba, datado de 20 de março, assinado pelo secretário municipal de Recursos Humanos, Carlos Cesar Calderon, afirma:“A edição desse decreto pretende organizar os desembolsos mensais do município, medida de fundamental importância ao ajuste fiscal necessário par a quitação das dívidas de início de gestão. Somente após essa reprogramação financeira e a readequação das finanças, será possível proceder à análise sobre qualquer incremento da folha de pagamento dos servidores públicos municipais”, afirma o ofício.

Nota de pesar José Haroldo Ludewig

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento de José Haroldo Ludewig, servidor que dedicou parte significativa de sua vida ao serviço público. José iniciou sua jornada como Auxiliar de Serviços Escolares em 2012, na Escola CEI Lina

Leia mais »