Educação prossegue com debate sobre 30 horas

No próximo dia 28 de janeiro, membros da comissão de educação formada após a greve de novembro de 2013 se reúnem novamente com a Prefeitura. Nesta data, às 16 horas, deve ser dado prosseguimento à discussão da redução de jornada para 30 horas.
 
Naquela oportunidade (19/12), os educadores apresentaram à gestão um relatório com cidades em que já existe às 30 horas. Além disso, sugeriram alternativas de implementação da jornada sem o custo elevado apresentado pela Prefeitura durante a greve.


Essa reunião, portanto, resulta no compromisso da gestão em “analisar a proposta do sindicato, apontando em 2014 a realização de reuniões técnicas entre entidade sindical e o órgão público”, como registra a reportagem “Educadores consolidam a pauta das 30 horas”.


Para Adriana Claudia Klackmann, é hora de retomar a mobilização. “Vamos tirar as camisetas dos armários, vesti-las e mostrar à Prefeitura que queremos educação de qualidade”, incentiva.

15 de maio – Dia do/da Assistente Social

No Dia do Assistente Social, reconhecemos o papel crucial desses profissionais na construção de uma sociedade mais justa e inclusiva. Seu trabalho é fundamental para garantir que todos tenham acesso aos seus direitos básicos e vivam com dignidade. Vamos valorizar

Leia mais »