Notícias

Imprimir
  • 04/03/2022 Saúde

    Por aprovação do piso salarial, SISMUC participa de mobilização nacional da Enfermagem em Brasília

    Por aprovação do piso salarial, SISMUC participa de mobilização nacional da Enfermagem em Brasília
    Mobilização, organizada pela categoria da enfermagem de todo País, acontece na próxima terça-feira (08/03), visando pressionar Câmara dos Deputados a aprovarem o Projeto de Lei 2564

    Visando pressionar e intensificar a luta pela aprovação do Projeto de Lei 2564/2020, que estabelece o piso salarial nacional do Enfermeiro, do Técnico de Enfermagem, do Auxiliar de Enfermagem e da Parteira, as trabalhadoras e trabalhadores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (SISMUC) se unem a dezenas de entidades do Brasil, na próxima terça-feira (08/03), às 7h, em Brasília.

    O PL de autoria do senador Fabiano Contarato (PT - Espírito Santo), em tramitação desde 2021, altera a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, e busca estabelecer o salário mensal a partir de R$ 4.750 para enfermeiros, remunerações proporcionais de 70% do valor para os técnicos e 50% para auxiliares e parteiras, corrigidos pelo Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

    Para Arthur Arruda Rocha, da Coordenação de Saúde do Trabalhador do SISMUC, e técnico de enfermagem, a participação do Sindicato na mobilização nacional realizada no Dia Internacional das Mulheres, faz parte da soma de esforços da categoria para garantir a aprovação do PL. “No dia 8 de março é o nosso ato da enfermagem. Nós do SISMUC somamos forças com a enfermagem de todo Brasil marchando em Brasília, para pressionar os Deputados Federais a aprovarem o Projeto de Lei 2564, que garante a implantação do piso nacional da categoria da enfermagem.”

    A mobilização organizada pelos Gigantes da Enfermagem, Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e Associação Nacional de Enfermagem (ABEn), terá diversos atos acontecendo simultaneamente na capital do Brasil, como explica Arthur: “o SISMUC chega em Brasília dia 8. Dali vamos direto ao aeroporto para receber os Deputados Federais que chegam em torno de 9 horas para a sessão. Teremos atos dentro da Câmara dos Deputados, algumas pessoas vão ter acesso aos gabinetes, onde farão a exposição do ponto de vista da enfermagem quanto a necessidade da aprovação do PL. Também faremos um ato em frente à Câmara dos Deputados e depois seguimos em marcha rumo ao Congresso Nacional.”

    De acordo com Arthur, “a mobilização demonstra a união da enfermagem brasileira e pretende sensibilizar os Deputados e a sociedade brasileira quanto a necessidade de reconhecimento financeiro para esses profissionais, afinal de contas enquanto todo mundo estava em casa resguardado, se protegendo da contaminação pela Covid-19, a categoria da enfermagem estava trabalhando e salvando vidas diariamente.”

    Arthur também destaca a importância do PL ser aprovado pelos Deputados. “Hoje a saúde não depende só do médico. O médico não trabalha sozinho, nós somos multidisciplinares e dentro dessa equipe multidisciplinar a enfermagem é essencial. Nós somos 80% do serviço de um hospital. Então, se nós não tivermos lá o hospital para, as unidades de saúde param, as unidades de pronto atendimento param, todos os serviços de saúde param. Nós somos essenciais para que o serviço seja bem realizado e bem prestado para a população.”


    Imprensa SISMUC - Riquieli Capitani
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS