Notícias

Imprimir
  • 25/11/2021 Saúde

    Vitória: PL que estabelece piso para enfermagem é aprovado no Senado

    Vitória: PL que estabelece piso para enfermagem é aprovado no Senado
    Arte: CtrlS
    Aprovação foi uma conquista, resultado da mobilização dos trabalhadores. Projeto ainda será votado na Câmara dos Deputados

    Depois de muita mobilização dos trabalhadores da enfermagem, o Senado aprovou na quarta-feira (24), o projeto de lei 2.564/2020 que estabelece o piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. Como a proposta partiu do Senado o próximo passo é a proposta ser analisada pela Câmara dos Deputados.


    A aprovação representa uma vitória da luta dos trabalhadores da enfermagem que, mobilizados fizeram diversas ações para pressionar o Congresso e cobrar a aprovação da medida que representa uma valorização para a categoria. São trabalhadores que estão na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus salvando a vida de milhares de trabalhadores.

    Relembre a mobilização da qual o SISMUC e os servidores da saúde fizeram parte!

    O SISMUC também foi à luta pelo piso salarial da enfermagem e no mês de agosto, junto com os servidores da saúde de Curitiba, compusemos a 2ª Marcha da Enfermagem em Brasília. O encontro reuniu trabalhadores de todo Brasil na Esplanada dos Ministérios para pressionar pela aprovação do PL 2564/2020.
    Continue lendo


    Saiba mais sobre a proposta

    A proposta estabelece remuneração mínima para trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos. O piso nacional ficou instituído no valor de R$ 4.750,00 para enfermeiros; R$ 3.325,00 para técnicos de enfermagem (70% do piso salarial dos enfermeiros) e R$ 2.375,00 para auxiliares de enfermagem e parteiras (valor que representa 50% do piso nacional dos enfermeiros). Os pisos salariais deverão ser corrigidos anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e deverá entrar em vigor no primeiro dia do exercício financeiro após a publicação da lei.

    O projeto inicial previa um piso nacional de R$ 7.315,00 para enfermeiros, mas acabou sendo alterado para R$ 4.750,00 para assegurar que seja pago e respeitado em todo território nacional, pois na discussão da proposta se percebeu que há uma diferença grande nos salários pagos nas diferentes regiões do Brasil.

    Foi um grande avanço aprovar a proposta no Senado, mas a luta continua, pois ainda há resistência de alguns setores da sociedade. É preciso ainda que o projeto seja aprovado pelos deputados federais. É necessário que essa luta não seja esquecida e que todos os trabalhadores da saúde se engajem na luta pela valorização! É com a união e mobilização que vamos avançar nas conquistas!

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS