Notícias

Imprimir
  • 28/02/2021 Educação

    Educação: Sindicatos cobram orientação coerente com novas restrições sanitárias

    Educação: Sindicatos cobram orientação coerente com novas restrições sanitárias
    Arte: CTRL S
    SISMUC e SISMMAC reivindicam que SME e núcleos regionais publiquem nova orientação sobre o funcionamento de escolas e CMEIs

    Desde a última sexta-feira (26), as direções do SISMMAC e do SISMUC buscam contato com a Secretaria Municipal de Educação para reivindicar a adoção de medidas coerentes com o novo decreto estadual nº 6.983/2021, que suspendeu atividades e impôs restrições à circulação de pessoas com o objetivo de reduzir as alarmantes taxas de contágio de Covid-19.

    De forma tardia, a Prefeitura anunciou a suspensão das aulas na sexta-feira. Entretanto, ainda há informações desencontradas sobre a retomada do trabalho remoto e o funcionamento das unidades na próxima semana. Além de irem até a Prefeitura na última sexta-feira, as direções dos sindicatos enviaram ofício no final de semana e seguem tentando contato telefônico para cobrar que a SME e os núcleos regionais da educação publiquem uma nova orientação coerente com o decreto estadual e com o momento crítico em que estamos vivenciando frente à pandemia.

    Direções de escolas e CMEIs

    A Secretaria Municipal de Educação deve se reunir, de forma online, com as direções das unidades de ensino na segunda-feira (1). O SISMUC e o SISMMAC orientam que as direções não convoquem as servidoras e servidores para o trabalho presencial fora dos dias de entrega dos kits de alimentação. Além disso, também reforçam o apelo para as direções de escolas e CMEIS ajudem a cobrar a publicação de uma nova orientação, que garanta a retomada do trabalho remoto, o fechamento das unidades durante a vigência do decreto nº 6.983/2021, e a garantia da presença da guarda municipal nos dias de entrega dos kits de alimentação.

    Para organização da entrega dos kits, as direções devem organizar com o mínimo de servidores necessário, podendo ter escalas para que haja revezamento entre os servidores e não seja apenas função dos auxiliares de serviços escolares, apoios e administrativos.
    Os sindicatos reivindicam que asunidades educacionais permaneçam fechadas durante a vigência do decreto e quetodas as trabalhadoras e trabalhadores da educação voltem para o trabalho remoto, incluindo os servidores administrativos e as direções e coordenações das unidades educacionais.

    Diante do aumento da miséria e da fome em Curitiba e no restante do país, a entrega dos kits de alimentação é essencial, mas é papel da Prefeitura atuar para reduzir os riscos e garantir que essa atividade ocorra com a menor exposição possível de trabalhadores e familiares que farão a retirada dos kits. Por isso, os sindicatos reivindicam que a entrega dos kits ocorra em apenas um dia da semana. Além disso, também reivindicam a presença da guarda municipal em todos os equipamentos durante todo o dia de entrega desses kits a fim de garantir a segurança dos trabalhadores que estarão desempenhando essa atividade. Em 2020, tivemos episódios de assaltos às unidades educacionais nos dias de entrega dos kits e é preciso que a Prefeitura aja para evitar que atos de violência voltem a ocorrer.

    Em respeito ao novo decreto estadual, que aponta a preferência pelo teletrabalho, o SISMUC e o SISMMAC também reforçam a cobrança para que todos os servidores da educação, mesmo os que estiverem atuando nos núcleos e no Delta, retornem ao trabalho remoto, reduzindo a exposição dos mesmos à contaminação e colaborando com a redução de circulação de pessoas na cidade.

    O decreto estadual nº 6.983/2021 e a disparada do número de casos de Covid-19 exigem esforços urgentes para redução das taxas de contágio. Em uma semana de aula, mais de 20 unidades registraram casos Covid-19 entre trabalhadores e estudantes. É papel da SME publicar uma nova orientação que atenda as exigências do decreto e contribua para reverter esse cenário. Cuidar da vida e da população deve ser mais que discurso, precisa ser demonstrado com ações efetivas da gestão municipal.

    Imprensa SISMUC e SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS