Notícias

Imprimir
  • 26/02/2021 Educação

    De forma tardia, governo suspende aulas presenciais em todo o estado

    De forma tardia, governo suspende aulas presenciais em todo o estado
    Arte: CTRL S
    Prefeitura já confirmou que seguirá as orientações do Governo do Paraná. Aulas estão suspensas até dia 8 de março

    Com o aumento do número de casos no estado do Paraná, o governo do estado suspendeu nesta sexta-feira (26) o funcionamento das atividades não essenciais e das atividades nas escolas estaduais e privadas. Logo depois do pronunciamento, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou que o município seguirá as medidas do governo, inclusive para a suspensão das aulas presenciais até o dia 8 de março.

    Ao que tudo indica, a cúpula de gestores do estado, incluindo o desprefeito Rafael Greca, já sabia das medidas tomadas pelo estado. Ou seja, estavam plenamente cientes do colapso do sistema de saúde, do crescimento vertiginoso do número de pacientes internados e na fila de espera para internação e do agravamento dos óbitos por Covid-19. Mesmo assim, as aulas presenciais na rede municipal de ensino ocorreram normalmente na última semana para os trabalhadores da educação, que tiveram como única orientação um protocolo de segurança impossível de ser cumprido devido à falta de estrutura, EPIs e a dificuldade de testagem dos trabalhadores que tiveram contato com casos suspeitos.

    Hoje, sexta-feira (26), os representantes dos trabalhadores foram até a sede da Prefeitura para cobrar uma conversa com a Secretaria Municipal de Educação sobre os casos confirmados nas unidades escolares e a necessidade de vacinação e de testagem para todos que tiveram contato com casos confirmados de Covid-19.

    Com a atual situação não podemos esperar as vontades do desgoverno Greca e por isso, durante essa semana, os sindicatos SISMUC e SISMMAC reforçaram as ações de combate a negligência da gestão Greca. Além de orientações para os profissionais de educação, os Sindicatos também têm realizado um trabalho constante de coletar as denúncias dos trabalhadores para cobrar a Prefeitura da suspensão das aulas presenciais e do lockdown para todos. A categoria segue em estado de Greve e neste sábado os Sindicatos promovem uma live para os pais e mães entenderem melhor o risco do retorno presencial das aulas.

    O aumento do número de casos colapsou a saúde

    Em apenas uma semana o número de casos em Curitiba praticamente dobrou, chegando a mais de 800 infectados na terça-feira (23). E a situação fica ainda mais difícil quando olhamos para os leitos, na última quinta-feira (25), até às 11h da manhã, 162 pessoas aguardavam leitos para internamento na cidade.

    A manutenção das aulas presenciais na cidade não influencia somente a educação, mas também sobrecarrega a saúde. Os trabalhadores têm sofrido um grande esgotamento e com o sistema de saúde em colapso a sobrecarga de trabalho é ainda maior. Além disso, com a falta de leitos, muitos podem morrer aguardando atendimento.

    O sistema de saúde colapso e é necessário garantir que os trabalhadores da saúde consigam realizar sua função da melhor forma possível, garantindo condições de trabalho adequadas, segurança e reduzindo a circulação de pessoas nas ruas. Por isso, a suspensão imediata das aulas presenciais salva a vida das famílias, dos trabalhadores e ajuda o Sistema de Saúde a conseguir suportar a nova onda.

    Continue denunciando!

    Mesmo com a suspensão das aulas presenciais, o SISMUC e o SISMMAC reforçam a orientação para que o resultado dos testes de Covid-19 realizados nesta semana sejam comunicados aos Sindicatos pela WhatsApp da Educação (41) 99988-2680. Além de continuar denunciando as consequências da irresponsabilidade da gestão Greca, essas informações continuarão subsidiando nossa luta para que as aulas permaneçam suspensas até a garantia da vacina!

    Imprensa SISMUC e SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS