Notícias

Imprimir
  • 24/11/2020 Educação

    Debate sobre calendário inicia sem certeza de aulas presenciais em 2021

    Debate sobre calendário inicia sem certeza de aulas presenciais em 2021
    Arte: Ctrl S
    Apesar da discussão ter sido anunciada, administração diz que não há certeza em relação ao retorno presencial

    A primeira reunião do calendário escolar 2021 aconteceu na última sexta-feira (20). De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SME), apesar da discussão sobre o calendário escolar ter sido iniciada, ainda não há nenhuma certeza em relação a retomada das aulas presenciais na rede. Confira aqui a Instrução Normativa.

    Segundo a administração, a intenção é deixar os 200 dias letivos fechados, mas, caso exista alguma alteração futura devido à pandemia, a SME seguirá os decretos que eventualmente forem publicados.

    Início e final do ano letivo

    O ano de 2021 deve começar no dia 3 de fevereiro para os trabalhadores do administrativo e auxiliares de serviços escolares, dia 9 de fevereiro, para professores, e no dia 18 de fevereiro, para alunos. O encerramento do ano letivo está previsto o dia 20 de dezembro, para todos os trabalhadores da educação.

    Calendário Escolar 2021

    4 de janeiro a 2 de fevereiro | férias
    3 a 8 de fevereiro | Recesso
    3 a 8 de fevereiro | Início da equipe gestora e dos trabalhadores administrativos
    9 de fevereiro | Início das atividades com professores – formação com protocolos sanitários
    18 de fevereiro | Início para os alunos
    1 de julho | Término do primeiro semestre para os alunos
    2 de julho | Término do primeiro semestre para professores com a ExpoEducação
    3 a 18 de julho | Recesso de julho
    19 de julho | Retorno dos professores e dos alunos
    20 de dezembro | Encerramento do ano letivo
    Inspetores e administrativos: reivindicação histórica

    O SISMUC mais uma vez cobrou para que os auxiliares de serviços escolares e administrativos possam retornar em 2021, na mesma data que os professores e professoras. Muitas vezes, estas categorias acabam realizando desvio de função durante o período anterior ao início das aulas. Porém, a alegação da Prefeitura é de que para que isso ocorra é necessária uma mudança no descritivo de função, já que os dias de recesso excedem as férias e por isso, não são um direito adquirido destas categorias.

    Por isso, nossa cobrança continua sendo para que todos os trabalhadores da educação possam seguir o calendário escolar sem medo de sofrerem retaliações e perderem importantes períodos de descanso.

    Arquivos para Baixar:

     Sábados letivos e ExpoEducação

    De acordo com o que foi levantado pela SME, em 2021 haverá cinco sábados letivos. Cada unidade escolar vai definir individualmente as datas de cada compensação de recesso. O único sábado que será definido pela administração é o do Parâmetros Indicadores de Qualidade (PIQ), no dia 16 de outubro.

    Já a ExpoEducação será realizada no dia 2 de julho, nos mesmos moldes de 2020, ou seja, virtualmente.

    Demais redes de ensino

    O calendário da rede estadual ainda não foi definido, por isso, não sabemos se será compatível com o que está sendo discutido em Curitiba. A Prefeitura se comprometeu a enviar a proposta de calendário da rede municipal para a Secretaria Estadual de Educação com o objetivo de que as datas de ambos coincidam. Até o momento, o recesso do meio do ano de Curitiba e de São José dos Pinhais permanece o mesmo.

    Imprensa Sismuc e Sismmac
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS