Notícias

Imprimir
  • 17/06/2020 Educação

    Alerta laranja: suspender atividades presenciais protege vidas

    Alerta laranja: suspender atividades presenciais protege vidas
    Arte: Ctrl S
    Prefeitura suspendeu reunião com sindicatos por causa do novo alerta, mas mantém entrega de atividades complementares

    As direções do SISMUC e do SISMMAC cobram a realização de uma reunião com a Secretaria Municipal de Educação (SME), desde a última segunda-feira (15), para debater a suspensão da entrega e do recolhimento das atividades complementares em escolas e CMEIs.

    Essa mesma reivindicação já foi apresentada pelos sindicatos na audiência do inquérito em andamento no Ministério Público do Trabalho, realizada no dia 8 de junho.

    A situação que já era grave ficou ainda mais preocupante com o crescimento acelerado do número de casos em Curitiba, que já registrou 89 mortes por Covid-19 e 2.375 pessoas infectadas. O município já atingiu 85% da ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde e o número de mortes por Covid-19 no Brasil já passa de 45 mil. Essa situação fez a Prefeitura publicar, no último sábado (13), o Decreto 774/2020, que aumentou o nível de alerta contra o novo coronavírus e estabeleceu novas medidas de restrição como estratégia de enfrentamento à pandemia.

    A própria Prefeitura já cancelou uma série de atividades presenciais usando como argumento oalerta laranja e as orientações do Decreto 774/2020.É o caso, por exemplo, das negociações agendadas com o SISMUC e com o SISMMAC para debater as reivindicações dos servidores, muitas delas relacionadas às diferentes e conflituosas orientações sobre o trabalho presencial durante o trabalho remoto, o que tem provocado interpretações contraditórias que prejudicam o combate à COVID -19 e que colocam em risco a vida dos profissionais nesse momento de pandemia.

    Com o alerta laranja, os sindicatos reivindicam a suspensão imediata das atividades presenciais para entrega e recolhimento das atividades complementares, assim como o cancelamento da convocação das direções de escolas e CMEIs para acompanhar a higienização das unidades em dias alternados. Além do risco gerado pelo deslocamento e circulação de pessoas nas unidades escolares, a manipulação das atividades seja na preparação, na entrega ou na correção pode facilitar a propagação, já que o vírus resiste por até cinco dias no papel.

    A única atividade imprescindível que deve ser mantida nesse momento é a entrega mensal dos kits de alimentação escolar, com adoção de todas as medidas corretas de prevenção, como a garantia de uma equipe reduzida, manutenção de uma distância entre os servidores e entre a comunidade, além do fornecimento e orientação para o uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual. A entrega dos kits de alimentação escolar também precisa ser organizada respeitando o equilíbrio entre o conjunto das trabalhadoras e trabalhadores da unidade para que a responsabilidade não fique apenas com os auxiliares de serviços escolares, agentes administrativos, assistentes pedagógicos e direções de escola.

    É no mínimo contraditório que a Prefeitura suspenda a negociações com os sindicatos, enquanto segue exigindo que as escolas mantenham atividades presenciais. OSISMUC e o SISMMAC reivindicam que as reuniões de negociação sejam mantidas por videoconferência, como já vem ocorrendo nas audiências junto ao Ministério Público do Trabalho.

    Em declarações nas redes sociais e em entrevistas, o prefeito Rafael Greca e a secretária de Saúde Márcia Huçulak criticam a população que continua circulando em meio à pandemia. Escondem que a Prefeitura pode interferir nesse cenário. A suspensão da entrega quinzenal das atividades complementares evitaria que 140 mil famílias tenham que se deslocar até as unidades escolares. Evitaria também o deslocamento e concentração de trabalhadoras e trabalhadores de educação para preparar e distribuir as atividades complementares.

    Imprensa SISMUC SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS