Notícias

Imprimir
  • 26/05/2020 Educação

    Correção de atividades coloca profissionais e famílias em risco

    Correção de atividades coloca profissionais e famílias em risco
    Arte: Ctrl S
    Prefeitura quer forçar exposição de professores ao exigir que atividades sejam recolhidas durante pandemia

    Os profissionais do magistério foram surpreendidos com a exigência de comparecem nas escolas e retirarem as atividades complementares entregues pelas famílias para correção. Diante das denúncias recebidas, a direção do SISMMAC procurou a SME e a secretária Maria Sílvia Bacila por meio de e-mail, ofício e telefone, mas, até o momento da publicação desta matéria, não obtivemos recebeu nenhum retorno.

    O SISMUC apoia a iniciativa do SISMMAC e orienta para que as professoras de educação infantil entrem em contato com o Sindicato caso a mesma medida tente ser implementada para os CMEIs. Até o momento o Sindicato recebeu somente dúvidas, mas nenhuma denúncia de que isso esteja acontecendo na educação infantil.

    A orientação da administração vai contra a Instrução Normativa 02/2020, da própria Prefeitura, que especifica como deve ser esse procedimento no artº. 9º, inciso IV, que coloca que essas atividades serão recebidas em até 10 dias APÓS o retorno das aulas presenciais. O artº. 12, que dispõe das atribuições dos profissionais do magistério, no inciso V, também coloca que a validação dos registros/portfólio por meio de atividades propostas pelas videoaulas acontecerá no RETORNO das aulas presenciais.

    Live semanal – Organização do Trabalho Pedagógico

    Nesta sexta-feira, dia 29, às 18h30, na live semanal, os sindicatos discutem a Organização do Trabalho Pedagógico (OTP) em meio à pandemia. O objetivo é identificar e orientar os profissionais que têm sofrido com os encaminhamentos confusos, dúbios e desencontrados dos núcleos regionais, fatores que só aumentam o nível de estresse no qual a categoria já se encontra. Participe!
    Não é de hoje que a organização do trabalho pedagógico nas unidades educacionais da rede municipal de ensino de Curitiba vem causando desencontros de informações entre os núcleos regionais e as direções das unidades e a Secretaria Municipal de Educação (SME).

    E são os profissionais que mais sofrem com essa constante mudança nos encaminhamentos. Mesmo após a publicação da Instrução Normativa 02/2020, quenormatizou a realização das atividades pedagógicas das unidades educacionais durante a pandemia de Covid-19, os núcleos insistem em mudar as orientações.

    No ofício enviado pelo Sindicato, alertamos a administração sobre o risco de contaminação pelo Coronavírus tanto dos trabalhadores da educação quanto das famílias dos estudantes com o vaivém das atividades. Isso porque, conforme alertam pesquisas iniciais, o vírus temum período de resistência em determinadas superfícies, como no papel, por exemplo. A entrega das atividades para as professoras e professores pode trazer facilitar a propagação do vírus, caso não sejam tomadas as devidas precauções, como a adoção das devidas medidas de higiene pelas famílias e professores, orientação para o uso adequado de EPIs, além da garantia do fornecimento dos equipamentos, e o armazenamento das atividades por, no mínimo, cinco dias até a sua manipulação.


    Imprensa SISMUC e SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS