Notícias

Imprimir
  • 26/07/2021 Geral

    Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

    Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha
    Arte: Ctrl S
    O dia 25 de julho também homenageia Tereza de Benguela, líder do Quilombo do Quariterê

    Neste domingo (25), celebrou-se o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. A data virou um marco de luta e resistência após o 1º Encontro de Mulheres Negras da América Latina e do Caribe, realizado na República Dominicana, em 1992.

    Tereza de Benguela

    A data também homenageia Tereza de Benguela, uma heroína que foi negligenciada pela história. Rainha Tereza, como era conhecida, era a liderança política e militar do Quilombo do Quariterê, no estado do Mato Grosso, próximo à fronteira com a Bolívia. Responsável por pensar estratégias políticas e de defesa para toda a comunidade, além de todo o arranjo comercial feito com os produtos produzidos pelo Quilombo, Tereza de Benguela também era uma ótima combatente.

    Há duas versões sobre a história de sua morte: uma vez presa, Tereza parou de comer e morreu em decorrência dos maus-tratos e da falta de alimentação. Sua cabeça foi cortada e exposta na praça do quilombo. Segundo outra versão, ela se matou.

    Cenário atual

    A Covid-19 aprofundou e evidenciou as desigualdades sociais e econômicas. A primeira vítima da doença no Brasil foi uma mulher negra, empregada doméstica de meia idade, contaminada pela patroa que havia retornado da Itália com Covid-19.

    Durante a pandemia, o desemprego e a miséria atingiram, principalmente, as mulheres negras trabalhadoras, seja devido à informalidade de seus vínculos seja pela crise econômica no Brasil.

    Os dados relacionados à violência também não deixam dúvidas: a taxa de homicídio por cada 100 mil habitantes em 2017 era de 5,2 entre as mulheres brancas e de 10,1 entre as mulheres negras, quase o dobro.

    É na tentativa de mudar esse cenário que precisamos saudar datas como essa, trazer à tona narrativas de mulheres negras e aprofundar o debate do racismo estrutural nos espaços que construímos. Firmes!

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS