Notícias

Imprimir
  • 05/06/2020 Geral

    SISMUC requisitou transferência de valores da ação da Guarda Municipal para viabilizar pagamento

    SISMUC requisitou transferência de valores da ação da Guarda Municipal para viabilizar pagamento
    Arte: CTRL S
    Agora, aguardamos a autorização judicial para transferência do valor

    Nesta sexta-feira (05), o SISMUC requisitou a transferência dos valores da ação da Guarda Municipal, os quais se encontram depositados em conta judicial, para viabilizar o pagamento.

    Após o pagamento efetuado pela Prefeitura, os cálculos foram atualizados por escritório de contabilidade. Como o pagamento deveria ter sido realizado há muito tempo, e só foi feito este ano, o SISMUC submeteu esses valores a revisão para verificar se estavam de acordo com os índices do processo e também para atualizar os cálculos individuais. Esse procedimento é de praxe nesse tipo de execução com grande número de beneficiários e garante a transparência e a lisura do processo.

    A pedido de diversos guardas municipais, uma reunião foi realizada com representantes da categoria na quarta-feira (03). Nessa reunião, considerando que a agência bancária do fórum que realiza o tipo de operação de transferências de valores da conta judicial para as contas individuais está fechada por conta da pandemia, o SISMUC acatou o pedido da categoria para reivindicar o valor global da ação para a conta do sindicato, a partir da qual será realizado o pagamento direto aos beneficiários.

    Agora, necessitamos de autorização do juiz, o qual assinará o alvará e determinará a transferência do valor para o SISMUC. A partir disso, serão realizados os esforços para operacionalizar esse pagamento sem que haja aglomeração de pessoas no sindicato, considerando a situação vivida com a pandemia e necessidade de distanciamento social.

    Importante destacar que até o momento, o dinheiro do processo esteve em conta judicial e o SISMUC não teve nenhum acesso a esses valores.

    Entenda o processo

    A categoria enfrentou uma demora nesse processo fruto tanto do Judiciário, quanto da própria Prefeitura. A ação iniciada em 2011 sofreu com recursos da Prefeitura, com a desculpa de que os valores eram muitos altos e de que um novo cálculo deveria ser feito. A justiça favoreceu a administração e o processo se desenrolou por mais tempo.

    O Sindicato, infelizmente, precisou aguardar os prazos aplicados. O Judiciário impõe longos prazos para realizar ações favoráveis aos trabalhadores, isso de nenhuma forma é uma vontade do SISMUC, sempre lidamos com transparência em relação as ações e em nenhum momento damos falsas esperanças de que os processos tenham um andamento mais rápido.

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS