Notícias

Imprimir
  • 18/03/2020 Geral

    PMC ataca Estatuto do Idoso e só libera servidores com mais de 65 anos

    PMC ataca Estatuto do Idoso e só libera servidores com mais de 65 anos
    Arte: Ctrl S
    Lei 10.741/2003 foi criada justamente para defender essa parcela da população que é mais vulnerável ao Covid-19

    O decreto nº 430, publicado nesta quarta-feira (18), fala sobre os servidores que estão proibidos comparecer ao local de trabalho a partir desta quinta-feira (19). Os trabalhadores com idade igual ou superior a 65 anose as gestantesestão autorizados a trabalhar de casa e, caso isso não seja possível, devido às características do trabalho, serão igualmente dispensados do trabalho.

    De acordo com o decreto, quem irá definir se o trabalho remoto ou o afastamento é cabível é a chefia imediata do servidor.

    É importante ressaltar que a Organização Mundial da Saúde configura os idosos como grupo de risco que está mais vulnerável em relação ao Covid-19. E, no Brasil, o Estatuto do Idoso, instituído pela lei 10.741/2003, define que idosos são as pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

    A própria gestão Greca reconhece que pessoas com 60 anos ou mais fazem parte do grupo de risco, estão mais expostos e que devem tomar mais cuidados. Abaixo você confere um post feito na página do Facebook da Prefeitura na tarde desta quarta-feira (18) que afirma que esse grupo deve ter cuidado redobrado. Mas, ao que parece, para a administração as regras mudam quando se trata de servidores com 60 anos ou mais, o que é um absurdo.

    Ou seja, a Prefeitura de Curitiba em claro desrespeito à situação que estamos vivendo atua na contramão de uma lei federal que existe justamente para defender os idosos. A Prefeitura também irá se responsabilizar pelo adoecimento, internamento e, em último grau, pelo falecimento desses servidores que levianamente a gestão de Rafael Greca quer forçar que continuem trabalhando?

    É urgente que a Prefeitura altere o decreto e garanta que servidores com 60 anos ou mais sejam imediatamente afastados.As direções e os departamentos jurídicos dos sindicatos estão analisando atentamente o Decreto Municipal nº 430 e os pontos de divergência serão apresentados na reunião que será realizada nesta quinta-feira (19), quando também devem ser tratadas as demais reivindicações dos servidores. Seguimos firmes!

    Imprensa sismuc e sismmac
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS