Notícias

Imprimir
  • 18/06/2020 Fundações

    FAS mantêm atividade em Liceu mesmo com Alerta Laranja na cidade

    FAS mantêm atividade em Liceu mesmo com Alerta Laranja na cidade
    Foto: Andre Wormsbecker-FAS/ Arte: Ctrl S
    Enquanto a gestão usa a desculpa do Alerta Laranja para não negociar a Pauta Geral dos Servidores, mantém atividades com voluntários

    O SISMUC recebeu a denúncia de que o Liceu de Ofícios Xapinhal, localizado no bairro Sítio Cercado, mantêm em atividade grupo de voluntários mesmo diante do Alerta Laranja na cidade, que restringiu diversas atividades, a fim de evitar maior circulação do coronavírus.

    O equipamento da Fundação de Ação Social (FAS) teve servidor que testou positivo para a Covid-19 recentemente. Ele foi afastado, mas a atividade do grupo de voluntários para confecção de máscaras de tecido, para distribuição às pessoas em situação de vulnerabilidade social não foi alterada. Em contato com a unidade fomos informados de que as atividades estão mantidas em horário restrito, mas estão acontecendo.


    É mais um exemplo de que o discurso da gestão Greca é um e a prática é bem diferente. Ao ter um servidor diagnosticado com o novo coronavírus, todos que frequentam o local deveriam ser testados. No grupo de voluntários estão pessoas idosas, com comorbidades, que estão no grupo de risco para contágio da doença. Os voluntários estão correndo risco de contaminação, pois temos denúncias também de que a limpeza dos equipamentos não tem sido feita diariamente.


    O Sindicato recebeu a denúncia, questionou a administração sobre a situação por meio de ofício e vai tomar as medidas cabíveis.

    Se a própria administração não segue as orientações para isolamento, e não realiza testes nas pessoas que tiveram contato com quem testou positivo para Covid-19, como vamos combater a disseminação do vírus?

    Denúncia no MPT

    Esse não é o primeiro caso de servidor público municipal de Curitiba que testa positivo para Covid-19. A gestão não tem divulgado, e nem respondeu os sindicatos sobre o número de servidores que já testaram positivo para a doença, a regional e o local onde atuam.

    A denúncia já foi levada para audiência com o Ministério Público do Trabalho (MPT) no último dia 8 de junho. Na ocasião, o MPT entendeu a urgência da situação e deu cinco dias para a Prefeitura Municipal se manifestar sobre a realização dos testes em massa. Os sindicatos ainda não receberam resposta da PMC.


    Se a cidade está sobre risco médio de contaminação é preciso rever o trabalho pesencial dos servidores, para que se reduza o risco de contaminação e assim proteger a vida dos trabalhadores.

    Seguimos firmes na luta em defesa da vida dos trabalhadores diante da pandemia. Não aceitaremos perder mais ninguém!

    Imprensa SISMUC SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS