Notícias

Imprimir
  • 23/03/2020 Geral

    Sindicatos cobram da gestão o atendimento às demandas dos servidores

    Sindicatos cobram da gestão o atendimento às demandas dos servidores
    Arte: Ctrls
    Disponibilidade de EPIs é uma das principais reivindicações. Gestão prometeu garantir os equipamentos até amanhã

    O SISMUC, juntamente com o Simepar, Sindacs e Sismec, esteve em reunião com a gestão na manhã desta segunda-feira no Edifício Laucas. O objetivo foi levar as reivindicações dos servidores que estão na ponta do enfrentamento ao COVID-19, bem como questionar sobre as medidas que estão sendo tomadas para garantir a segurança desses trabalhadores.

    Mas, mesmo com a situação de crise, a gestão não se mostra aberta ao diálogo para construção de soluções em conjunto. Tanto é que só um representante de cada sindicato foi recebido na reunião e a representante da gestão se mostrou mais preocupada em falar do que em ouvir a situação de quem está nas pontas.

    Com relação à disponibilidade de EPIs, umas das cobranças que os sindicatos vêm fazendo insistentemente, a gestão afirmou que já está tomando as providências para disponibilizar os materiais até amanhã, terça-feira (24).

    A reivindicação do SISMUC com relação à necessidade de EPIs e de orientações não é apenas para os servidores da saúde, mas para todos aqueles que têm atendimento direto à população, como no caso da FAS e de outras atividades. A promessa da gestão é que todos os trabalhadores que estão na ponta do atendimento terão os EPIs.

    É o caso também dos trabalhadores terceirizados da limpeza, que mesmo executando um trabalho tão importante, eles ainda continuam sem instruções específicas. Mais uma vez, a gestão se comprometeu a solicitar que as empresas terceirizadas responsáveis pelo setor deem as garantias necessárias para esses trabalhadores.

    Também foi levado a conhecimento da gestão o fato de que alguns hospitais da capital também estão com falta de EPIs, mesmo que não façam parte da base da saúde. Afinal, esse é momento de união e solidariedade entre os trabalhadores.

    Denuncie os problemas no seu local de trabalho

    Se você está tendo dificuldades com falta de condições adequadas de segurança no seu local de trabalho, denuncie no formulário abaixo para que essas questões sejam cobradas da gestão.

    Veja mais
    O SISMUC vai seguir acompanhando e cobrando a gestão, para garantir que as equipes de ponta tenham as condições necessárias para atendimento à população.Vale lembrar que a demora em garantir os EPIs para as equipes já trouxe sérias consequências, com servidores entre os casos suspeitos, além do médico internado em estado grave diagnosticado com COVID-19.

    Informações e orientações

    Também foi reivindicado junto à gestão que haja um canal de informação mais completo e mais ágil para os profissionais da saúde, para que saibam como proceder nessa situação inédita. Hoje os servidores se sentem abandonados e estão pouco orientados, já que não recebem informações corretas de utilização de EPIs e dos procedimentos mais seguros para o trabalho nesse momento.

    Esse foi outro ponto que a gestão prometeu atender à reivindicação, melhorando o

    canal oficial de informações sobre a pandemia do Coronavírus em Curitiba, que será pelo sitehttp://www.saude.curitiba.pr.gov.br/.

    É importante lembrar nesse momento que todos os profissionais de saúde devem garantir suas vacinas contra gripe e sarampo, sendo um público prioritário nesse atendimento.

    Reivindicações do SISMUC

    SISMUC apresenta representação ao MP para garantir EPIs

    O SISMUC tem tomado medidas enérgicas contra a falta de EPIs nas unidades de saúde e para outros servidores que trabalham com atendimento direto à população, como no caso da FAS.

    Além da pressionar e negociar com a gestão, o departamento jurídico do sindicato apresentou nesta segunda-feira (23) uma representação junto ao Ministério Público (MP), denunciando a situação ilegal da Prefeitura de não fornecimento de EPIs aos servidores.

    Os servidores públicos estão sendo alocados em equipamentos públicos destinados ao enfrentamento do coronavírus sem a devida proteção - necessária e obrigatória em situações deste tipo. Mais um exemplo claro do desrespeito da gestão para com os servidores.

    Esperamos que a gestão resolva essa situação com a devida urgência, evitando a necessidade de medidas judiciais mais coercitivas para se garantir o direito à saúde dos servidores.
    O SISMUC tem trabalhado insistentemente e pressiona a gestão para garantir as condições necessárias para os trabalhadores da saúde e de outras áreas que trabalham com atendimento ao público. Confira algumas das reivindicações:

    - Equipamentos de proteção individual, que até o momento estão em falta nas unidades: máscara N95, óculos, luva, avental e touca para todos os servidores da saúde. Agora, no estágio III que é o de transmissão comunitária, os governos deveriam estar providenciando macacões para os trabalhadores que atuam diretamente com a população infectada, mas não é isso que temos acompanhado nas unidades de saúde e os servidores têm denunciado.

    - Máscaras cirúrgicas para distribuir para os pacientes que chegarem com sintomas nas unidades.

    - Orientações para todas equipes de como colocar e retirar EPIs, como proceder nesse cenário, o que a gestão afirmou que está em desenvolvimento.

    - Medidas administrativas: é urgente a contratação de médicos, enfermeiros e auxiliares, mas também é fundamental equipes de limpeza e auxiliares para ajudar a colocar e a tirar os EPIs com o objetivo de evitar a contaminação do trabalhador da saúde.

    - Reconfiguração de escalas para evitar a exposição de um número grande de trabalhadores ao mesmo tempo.

    - Organizar escala para utilização do refeitório e medida preventiva em relação ao ponto-eletrônico, que pode vir a ser um ponto de contágio entre os trabalhadores da saúde.

    Seguimos acompanhando se a gestão vai cumprir sua promessa de tomar medidas com urgência!

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS