Notícias

Imprimir
  • 21/03/2022 Na Pauta

    Professoras da educação infantil denunciam falta de profissionais para atuar nos CMEIs de Curitiba

    Professoras da educação infantil denunciam falta de profissionais para atuar nos CMEIs de Curitiba
    A Prefeitura toma decisões equivocadas para solucionar o problema da falta de profissionais e professoras se mobilizam esta semana para alertar a comunidade
    Os professores da educação infantil organizaram para esta semana, entre hoje (21) e sexta-feira (25/03), uma panfletagem nas unidades dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) para denunciar o número insuficiente de professores e a insegurança que esta situação causa na educação básica, mas principalmente para as crianças atendidas nos espaços.

    A reivindicação dos profissionais é pela realização imediata de concurso público, com contingente suficiente para suprir a falta de professores de educação infantil nos Centros Municipais existentes e nos que serão inaugurados. Além da garantia da manutenção das vagas nos CMEIs para os profissionais remanejados.


    Entenda a situação –Com o retorno das aulas presenciais, a Prefeitura está retirando os professores de educação infantil, com carga de 8 horas diárias de trabalho, e transferindo esses profissionais para outros CMEIs que estão com falta de profissionais.


    Com isso, na tentativa de solucionar o problema de falta de professores, a PMC abriu um novo edital de Processo Seletivo Simplificado (PSS) e está fazendo a contratação de Professores Docência I, que ficam apenas 4 horas diárias, para atender as salas de atividades do Pré I e II. No entanto, o contrato destes profissionais é temporário, com duração de no máximo 2 anos.


    Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SISMUC), essa situação aumenta a rotatividade de profissionais e impossibilita o desenvolvimento do trabalho pedagógico de qualidade com as crianças. Isso porque, há uma quebra do vínculo emocional, afetivo e de confiança que as crianças e a comunidade possuem com as professoras de educação que já atuam nos CMEIs.


    De acordo com o Sindicato, a Prefeitura de Curitiba coloca em risco a integridade física e emocional dos professores e das crianças, desrespeita e não valoriza a educação infantil ao remanejar esses profissionais. Por isso, o SISMUC apoia os professores nesta luta por maior valorização da categoria e acredita que a população também pode ajudar.


    ---
    Informações:
    Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (SISMUC)
    comunicacao.sismuc@gmail.com
    Ana Carolina Pacífico | (41) 99827-9299
    Riquieli Capitani | (41) 99891-8324

    Imprensa SISMUC - Ana Carolina Pacífico
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS