Notícias

Imprimir
  • 12/03/2022 Na Pauta

    Após cobrança do SISMUC, Departamento de Educação Infantil se compromete com direitos de Professores

    Após cobrança do SISMUC, Departamento de Educação Infantil se compromete com direitos de Professores
    Em reunião, superintendente garantiu que Professor de Educação Infantil não perderá difícil provimento e terá sua vaga garantida no CMEI de origem. SISMUC exige concurso público para a categoria.

    Com o objetivo de verificar a falta de professoras nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e o remanejamento das profissionais para outras unidades, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (SISMUC) realizou nesta sexta-feira (11), pela manhã, visitas em diferentes locais.

    Durante as visitas, ficou constatado que a Prefeitura de Curitiba está retirando os professores de educação infantil, com carga de 8 horas diárias de trabalho, e transferindo as profissionais para outras unidades. No lugar, nas salas de atividades do Pré I e II, estão sendo colocadas professores Docência I com carga horária de 4 horas diárias, contratados via Processo Seletivo Simplificado (PSS).

    Nesse contexto, se os professores Docência 1 contratados via PSS forem para as unidades, a turma de Pré, para a qual ele está indo, deve ficar com um Professor de Educação Infantil de referência, e só poderá ter mais dois profissionais PSS Docência 1, sendo um em cada turno. Com isso, nenhuma turma deve ter apenas dois professores PSS de manhã e dois a tarde, por conta dos horários de entrada, almoço e saída.

    Por conta dessa situação, na tarde de ontem (11/03), o SISMUC realizou uma reunião com a superintendente do Departamento de Educação Infantil, Kelen Patrícia Collarino, para cobrar uma solução para essas questões.

    No encontro, a superintendente se comprometeu que, caso algum professor de educação infantil, seja remanejado para outro CMEI, ele não perderá financeiramente e terá garantia de manutenção da sua vaga no Centro Municipal de Educação Infantil de origem.

    “Se um Professor de Educação Infantil, inclusive para o profissional que possui laudo temporário, que tenha difícil provimento e for remanejado/ transferido para outro CMEI com falta de profissionais, ele não perderá essa gratificação. Nesse caso, ele será convocado para ir ao Núcleo de Educação da regional, assinará um termo demonstrando onde está lotado. Com isso, a Prefeitura terá conhecimento de que ele está lotado em outro CMEI, garantindo que não haja nenhuma perda financeira para o profissional, assim como, não perderá a vaga no CMEI de origem.”

    A superintendente também explicou que “essa lotação dos profissionais de Docência I é temporária para as unidades com falta de profissionais, e isso seguirá até que comece a ser contratados os PSS de Educação Infantil.”

    Para o SISMUC, “os professores Docência I que aceitam trabalhar na educação infantil nos CMEIs, podem atuar em todas as salas, desde o berçário, até o Pré I e II. Além disso, os professores PSS que estão entrando agora para suprir a necessidade da educação infantil, deveriam não só atuar nas turmas do Pré, mas suprir a necessidade da unidade.”

    A direção do Sindicato compreende também que, “como a lotação dos PSS feita pela Prefeitura nos CMEIs sendo algo temporário, acaba mexendo com toda estrutura e organização do equipamento, inclusive afeta o próprio vínculo que as crianças criam com os professores, que ficam com elas 8 horas por dia ou durante o período que permanecem no local.”

    O SISMUC ressalta que, “essa contratação via PSS não é a solução do problema para insuficiência de profissionais nos CMEIs, é necessário e urgente a realização do concurso público para suprir a demanda existente da falta de professoras e professores.


    Imprensa SISMUC - Riquieli Capitani
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS