Notícias

Imprimir
  • 13/02/2020 Na Pauta

    Construção da pauta de reivindicações de 2020 já começou

    Construção da pauta de reivindicações de 2020 já começou
    Arte: Ctrl S
    Encontros do CR na quarta-feira marcaram o início da mobilização dos servidores. É preciso resistir diante do cenário de ataques

    O SISMUC promoveu na quarta-feira (12) o Conselho de Representantes (CR) em três encontros: manhã, tarde e noite. O primeiro encontro da categoria em 2020 foi o pontapé inicial para discussão das pautas gerais e específicas dos servidores municipais.

    Com o novo calendário de negociações imposto por Greca em 2019, até 1º de março será entregue a pauta de reivindicações dos servidores municipais e em setembro o sindicato apresenta a pauta que trata da data-base. Por isso é importante a participação dos representantes dos servidores para juntos avaliarem as condições de trabalho, as reivindicações para 2020 e pensar em estratégias para enfrentar o autoritarismo da gestão.

    Perdas se acumulam

    Durante o encontro, o DIEESE apresentou um estudo com as perdas acumuladas do funcionalismo municipal. Só na gestão do desprefeito Greca já são 5,74% de perdas entre março de 2017 e novembro de 2019, o que representa de uma forma geral, dois salários de perdas. Conforme o estudo, durante o período a inflação foi de 12,73% e o prefeito concedeu reajuste de 6,50% (3% em 2018 e 3,50% em 2019) acumulando 5,74% de perdas no período.

    Somando o percentual com a perda histórica acumulada de 9,95% - entre março de 1999 e fevereiro de 2016 - a perda acumulada dos servidores de Curitiba chega atualmente a 16,27%.

    O percentual de perda representa menor valor de compra com o salário dos servidores diante do aumento crescente de contas básicas como de água, luz e gás. Só com a mobilização e união dos servidores será possível reverter o cenário de perdas e cobrar a reposição.

    Durante o CR, o SISMUC também fez o repasse de informações sobre as ações jurídicas em andamento e contou com participação do DIEESE que apresentou um estudo sobre as perdas acumuladas do funcionalismo municipal. Os servidores presentes ainda receberam um kit com agenda 2020 e material do sindicato para distribuição no local de trabalho.

    Na próxima semana acontecem os Coletivos, na terça (18) e quarta-feira (19), abertos para participação de todos os servidores, para tratar das pautas específicas das categorias. A pauta elaborada de forma conjunta será validada em assembleia geral, que vai acontecer ainda este mês. A participação de todos neste momento é fundamental, pois em um contexto de muitos ataques à classe trabalhadora, é preciso se unir e se organizar para fazer a resistência.

    O cenário é de desmonte das carreiras públicas e das relações de trabalho. O desprefeito já atacou a organização sindical, reduzindo o número de servidores liberados para direção do sindicato, tudo com o objetivo de enfraquecer a resistência.

    Converse com seus colegas de trabalho e participe dos encontros. É preciso construir juntos a campanha de lutas, para que as reivindicações cheguem com força até a gestão. Afinal, eles sabem a força que os servidores unidos têm!


    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS