Notícias

Imprimir
  • 28/05/2021 Defesa Social

    Governo do estado recomenda vacinação da assistência social junto com a educação

    Governo do estado recomenda vacinação da assistência social junto com a educação
    Prioridade na vacina é luta dos trabalhadores que estão em serviço essencial mas ficaram de fora do plano nacional de imunização

    O governo do estado publicou um memorando nesta sexta-feira (28) recomendando aos municípios a vacinação dos trabalhadores da assistência social, juntamente com os trabalhadores da educação. A publicação é uma vitória para os trabalhadores do Sistema único de Assistência Social (SUAS) que vêm se mobilizando em diversas cidades na luta pela vacinação, já que a assistência social é considerada serviço essencial, mas foi deixada de fora do plano nacional de imunização. 

    Expostos diariamente no atendimento aos cidadãos que dependem desse serviço, os trabalhadores da assistência social, representados pela FAS na Prefeitura de Curitiba, também são linha de frente durante a pandemia. Mas, infelizmente, eles não recebem a proteção nem a valorização que merecem.

    Em Curitiba, a Prefeitura iniciou a vacinação de trabalhadores da FAS, utilizando as sobras das vacinas (que são as doses que não foram utilizadas e precisam ser aplicadas naquele mesmo dia). No entanto, a medida vem com falta de transparência, já que não fica claro qual é o critério de chamamento para os trabalhadores.

    A expectativa dos trabalhadores é que o posicionamento do governo do estado traga mais agilidade e que todos os trabalhadores da FAS sejam imunizados o mais breve possível.


    Campanha pela vacinação

    O SISMUC, em conjunto com os trabalhadores, lançou uma campanha esta semana cobrando a imunização dos trabalhadores do SUAS. Carros de som e outdoors tomaram as ruas de Curitiba em ações que buscam dar mais visibilidade à demanda da categoria.

    Na quarta-feira (26), uma projeção estampou o slogan da campanha no prédio da Prefeitura de Curitiba (confira as fotos do ato). No entanto, a ação teve que ser interrompida devido à abordagem da Guarda Municipal, seguindo orientação da Prefeitura.

    Em Araucária, o SIFAR segue firme na cobrança pela vacinação em conjunto com os trabalhadores da assistência social. A campanha ganhou ainda mais força com as perdas recentes recentes na categoria, que poderiam ter sido evitadas com vacina.

    Seguimos firmes na luta pela vacina para todos os trabalhadores, pelo lockdown para salvar vidas e por auxílio emergencial que realmente garanta comida no prato de todas as famílias brasileiras. Firmes!

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS