Na Pauta

  • 07/12/2021 Na Pauta

    Vereadores congelam Planos de Carreira dos servidores por mais um ano

    Vereadores congelam Planos de Carreira dos servidores por mais um ano
    SISMUC
    Base aliada também garantiu alteração na lei que criou a CuritibaPrev e libera mais recursos públicos para a previdência privada

    Nesta terça-feira (7), a bancada de vereadores do desprefeito Rafael Greca aprovou o congelamento dos planos de carreira até dezembro de 2022. A mudança na proposta inicial – que congelava os planos até dezembro de 2023 – veio após os servidores mostrarem sua indignação nos últimos dias com a manutenção do congelamento que desconsidera completamente a atual crise econômica e a defasagem no salário dos trabalhadores.

    Entretanto, é importante destacar que Greca e sua turma podem ampliar o congelamento dos planos de carreira novamente em 2022. Não existe negociação com a bancada do desprefeito e qualquer tentativa disso é enganar os servidores e servidoras do município. A única forma de garantirmos que o congelamento não avance é com GREVE!

    Não podemos nos contentar com o cenário “menos pior”, por isso, é necessário lembrar os vereadores que apoiam Greca e seus ataques e lutar para que estes jamais sejam reeleitos! Além disso, no início de 2022, teremos mais uma batalha pela frente com a negociação da data-base, devemos nos mobilizar para garantir a redução das perdas salariais que os servidores e servidoras têm amargado nos últimos anos.

    Projetos de Lei que tratem dos Planos de Carreira terão que ser apresentados aos sindicatos

    Foi aprovada também a Emenda nº 032.00075.2021 que coloca a obrigatoriedade dos Projetos de Lei que tenham por objetivo a discussão e modificação dos Planos de Carreira dos servidores públicos sejam discutidos com os sindicatos.

    A emenda garante, por exemplo, que caso haja um novo congelamento ou alteração dos Planos de Carreira que os servidores consigam se mobilizar com antecedência e se posicionar sobre os projetos.

    Cabe, portanto, a nova direção do SISMUC, que assume o Sindicato na próxima quarta-feira (15), a participação ativa nestes debates assim como a oposição constante a bancada do desprefeito entendendo as limitações das negociações junto a aqueles que constantemente rifam os direitos dos trabalhadores.

    Novo aporte para CuritibaPrev avança

    Ainda na sessão híbrida realizada nesta terça-feira, por 25 votos favoráveis e 11 contrários, os vereadores da base aliada do desprefeito Greca aprovaram em primeira votação a alteração na lei que criou o falido sistema de previdência complementar CuritibaPrev e que libera para o aporte de mais R$ 6 milhões de reais, retirando recursos do fundo do Instituto de Previdência do Município de Curitiba (IPMC) para a previdência complementar.

    Apesar das comprovações de insustentabilidade da CuritibaPrev, que tem um custo anual de mais de R$ 4 milhões, e pouco mais de 1.400 participantes, o projeto foi aprovado (confira abaixo como os vereadores votaram).

    Com esse novo aporte, serão 18 milhões de reais de verbas públicas destinadas à previdência privada em apenas quatro anos. É dinheiro público que está sendo destinado para um plano de previdência que é insustentável, um verdadeiro cabide de empregos e sem nenhuma transparência! Clique para saber mais

    Greca e seus aliados estão priorizando a manutenção da CuritibaPrev retirando recursos do fundo do IPMC, seguindo a cartilha de Bolsonaro de destruição da previdência dos trabalhadores. Greca ampliou a alíquota e ainda aprovou a retomada da contribuição do IPMC de servidores já aposentados que ganham a partir de um salário-mínimo. O déficit enfrentado hoje pelo IPMC não tem a ver com o instituto. É fruto da política do desprefeito de acabar com o serviço público.


    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS