Na Pauta

  • 01/10/2021 Na Pauta

    Todos às ruas no 2 de outubro contra Bolsonaro e os militares!

    Todos às ruas no 2 de outubro contra Bolsonaro e os militares!
    Arte: Ctrl S
    Ato acontece no sábado, dia 2 de outubro, às 16h, na praça Santos Andrade em Curitiba
    É no dia 2 de outubro que trabalhadores e trabalhadoras se reúnem mais uma vez nas ruas de todo o país contra Bolsonaro e sua corja de militares. Nossa defesa vai para além da saída do presidente, é uma defesa da vida dos trabalhadores que com a crise econômica e sanitária têm sido expostos a uma política que, se não mata de Covid, mata de fome.

    *O ato acontece em Curitiba, na Praça Santos Andrade a partir das 16h.* Os atos espalhados por todo o país exigem o fim de um governo hipócrita e genocida que já tirou a vida de mais de MEIO MILHÃO de trabalhadores.

    Além da política de morte aplicada na pandemia com o aumento da miséria, a falta de emprego e a fome, Bolsonaro e sua trupe foram contra todas as medidas do combate à pandemia, tanto de saúde, quanto financeiras. O atual presidente mentiu em uma assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU), negando a gravidade da pandemia no Brasil e escondendo a postura irresponsável que seu governo teve, inclusive cancelando a vacinação de jovens.

    Calendário de mobilização dos servidores de Curitiba

    2 de outubro | Ato Fora, Bolsonaro! na Santos Andrade, às 16h;

    8 de outubro | Mobilização nos locais de trabalho denunciando a redução de salário, com panfletagem informando a população sobre os motivos da nossa paralisação;

    15 de outubro | Greve dos servidores municipais.

    Além disso, a Reforma Administrativa foi aprovada na comissão especial da Câmara de Deputados de forma golpista, mudando parlamentares para que estes votassem favoráveis à proposta e escondendo o texto-base até o último momento. Isso só mostra que o governo federal está disposto a tudo para acabar com o serviço público.

    *A participação no ato deste sábado também faz parte do calendário de lutas dos servidores municipais e foi debatida na assembleia que decidiu pela construção da greve unificada para o dia 15 de outubro.* O reajuste de 3,14% foi retirado de nós pelo desgoverno Greca com base com base na PEC 173 do governo Bolsonaro. Os servidores e servidoras ainda lutam contra a Reforma Administrativa e contra a Reforma da Previdência no município. Greca e Bolsonaro estão de mãos dadas para acabar com o serviço público.

    O Brasil cresce no mapa da fome, do desemprego e da miséria, a inflação aumenta e todos os dias os trabalhadores sentem no bolso e na pele o preço do supermercado. E é contra isso que os trabalhadores e trabalhadoras devem ir às ruas usar a sua voz e lutar contra um governo que mata todos os dias milhares de pessoas.

    Por isso, o SISMUC, SISMMAC, o SIFAR, o Coletivo Outros Outubros Virão e toda a Intersindical convocam os trabalhadores para estarem nas ruas no dia 2 de outubro! A classe trabalhadora tem pressa e não é possível esperar nem mais um dia para dar um basta no governo corrupto que pretende acabar com o serviço público e retirar cada vez mais direitos dos trabalhadores.

    A pandemia ainda não acabou! Por isso, vá às ruas com máscaras PFF2 ou N95 e se não tiver, procure as organizações para conseguir uma.

    Imprensa SISMUC SISMMAC SIFAR
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS