Notícias

Imprimir
  • 14/11/2019 Saúde

    Conheça as regras para a paralisação da saúde

    Conheça as regras para a paralisação da saúde
    Arte: Ctrl s
    Considerada como serviço essencial, saúde deve manter 30% de funcionamento neste dia 18

    Os servidores estão de greve na próxima segunda-feira, dia 18 de novembro. Diferente de outras categorias, a saúde é considerado um serviço essencial, isso significa que 30% das atividades devem ser mantidas em funcionamento durante a greve.

    Os servidores devem se organizar em escalas para manter os serviços funcionando segundo a tabela abaixo.

     

    Vale sempre lembrar que independente das especificidades da área, o direito à greve é garantido em Constituição Federal para todo trabalhador, portanto, se houver qualquer pressão por parte da chefia, ignore. O assédio vem no sentido de amedrontar e enfraquecer o movimento, mas o direito e não existe punição para os trabalhadores que aderirem à greve.

    Se algum colega ainda não estiver convencido da necessidade de paralisar no dia 18, lembre-o de que neste dia será votado mais uma parcela do pacotaço. Com às condições de trabalho precárias como estão, com os salários baixos, e sem nenhuma valorização, tem ficado cada dia mais difícil realizar um trabalho de qualidade.

    Converse com seus colegas e com a população, no dia 18, É GREVE, PORQUE É GRAVE!

    Imprensa Sismuc
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS