Notícias

Imprimir
  • 15/08/2019 Educação

    Resultado sobre greve de 2014 do magistério não se aplica aos professores de educação infantil

    Resultado sobre greve de 2014 do magistério não se aplica aos professores de educação infantil
    Arquivo SISMUC
    Foram mobilizações diferentes e na ocasião o departamento jurídico do SISMUC perdeu ação na Justiça
    Para quem está com dúvidas sobre a matéria publicada pelo SISMMAC sobre a vitória judicial referente aos descontos nos salários dos servidores da Educação, referente a greve de 2014, conhecida como “onda amarela”, a decisão não se aplica para os professores de educação infantil. A greve de 2014, que garantiu a transição dos educadores para professores de educação infantil e o plano de carreira, teve resultado positivo, mas o desconto no salário da categoria referente aos dias parados durante a mobilização não foi possível reverter.


    Na ocasião o departamento jurídico do SISMUC entrou com ação para pedir anulação do desconto, mas a justiça entendeu que havia um canal de comunicação aberto entre a categoria e a administração municipal e por isso não havia necessidade de greve. Foram duas paralisações, sendo a maior no período de 17 a 21 de março de 2014. O que foi possível reverter em negociação foi o impacto das faltas no crescimento da carreira. Conforme mensagem divulgada na época pelo Recursos Humanos da Prefeitura os professores de educação infantil não sofreram impacto de faltas no crescimento vertical.

    A decisão favorável ao magistério tramitou por cinco ano no Tribunal de Justiça do Paraná. A greve do magistério aconteceu nos dias 11 e 12 de agosto de 2014, em movimento diferente dos professores de educação infantil.

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS