Notícias

Imprimir
  • 13/11/2017 Educação
    CMC

    A pedido de Pier, vereadores rejeitam eleição de diretores em cmeis

    A pedido de Pier, vereadores rejeitam eleição de diretores em cmeis
    Emenda apresentada por vereadora Josete foi durante regulamentação do processo nas escolas

    Os vereadores de Curitiba, liderados por Pier Petruzzielo (PTB), rejeitaram emenda da professora Josete (PT) que previa eleição das direções dos centros municipais de Educação Infantil. O processo democrático era um dos itens que levaram ao novo plano de carreira da categoria, ainda na gestão de Gustavo Fruet. A negativa ocorreu durante a votação que aprocou a eleição dos diretores e vice-diretores das escolas municipais.

    Ao solicitar a emenda, assinada por diversos vereadores, Josete justificou que a eleição para diretores de CMEI´s sempre foi uma das bandeiras de luta da comunidade escolar, que defende o processo de gestão democrática nas redes públicas de ensino. “Com a eleição dos dirigentes dos CMEI´s, que hoje são indicados pelo Prefeito, haverá maior participação da comunidade na construção de um ensino de qualidade. A participação dos pais, professores e funcionários administrativos é fundamental para a escolha da pessoa que vai gerenciar administrativa e pedagogicamente o espaço de ensino”, defendeu. Contudo, após orientação do líder do governo, Pier, essa emenda e outras três de autoria de Josete foram derrubadas.

    Eleição em escolas

    A principal mudança aprovada em votação hoje (13) é para que todos os estabelecimentos passem a contar com vice-diretor, cargo que hoje só existe nas escolas com mais de 300 alunos (005.00348.2017). Segundo uma emenda aprovada ao projeto, o pleito deste ano terá prazos excepcionais, mais curtos que o normal, para garantir sua realização ainda em 2017 (032.00032.2017).

    A convocação do processo, por exemplo, será realizada pela secretária municipal da Educação, Maria Silvia Bacila Winkeler, 20 dias antes da eleição - e não 30 dias antes, como prevê a lei. Excepcionalmente, serão menores os prazos para a formulação de pedidos de impugnação de candidaturas e para a qualificação e cadastro de eleitores, dentre outros. A eleição ainda poderá ocorrer “em dia útil do calendário escolar”, e não apenas em uma sexta-feira.

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Monsenhor Celso, 225, 9º andar. Conjunto 901/902 - Centro. Curitiba- PR. Cep: 80010-150     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS