Notícias

Imprimir
  • 06/10/2016 Opinião

    Direção do Sismuc apoia ocupação de escolas

    Direção do Sismuc apoia ocupação de escolas
    A luta dos estudantes por direitos é a mesma dos trabalhadores

    A semana após as eleições municipais no Paraná começou com forte mobilização dos estudantes secundaristas. Eles protestam contra a MP 746/2016, que enxuga e precariza o ensino médio brasileiro. A juventude já ocupa 26 colégios em todo estado. Além disso, organizam manifestação para esse domingo, a partir das 15 horas, na Praça Santos Andrade. Como Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba, a direção do Sismuc apoia a organização e as reinvindicações.

    Somo aliados dessa juventude por entendermos que um dos pontos de conexão entre várias medidas do governo federal é a tentativa de destruição do serviço público, com graves consequências para o povo em geral e para o funcionalismo público. As propostas se interligam: a MP 736/2016 do ensino médio, a reforma da Previdência e a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 241) – que limita os investimentos em saúde e educação durante vinte anos à inflação do ano anterior.

    Lista das escolas ocupadas até o momento

    São José dos Pinhais
    Colégio Estadual Elza Scherner Moro
    Colégio Estadual Afonso Pena
    Colégio Estadual Padre Arnaldo Jansen
    Colégio Estadual Costa Viana
    Colégio Estadual Silveira da Motta
    Colégio Estadual Hebert de Souza
    Colégio Estadual Chico Mendes
    Colégio Estadual Juscelino Kubitschek de Oliveira
    Colégio Estadual Padre Antônio Vieira
    Colégio Estadual São Cristóvão
    Colégio Estadual Angelina Prado
    Colégio Estadual Shirley
    Colégio Estadual Guatupe
    Colégio Estadual Lindaura Ribeiro
    Colégio Estadual Ipê
    Colégio Unidade Polo
    Colégio Estadual Romário Martinis
    Colégio Barro Preto
    Colégio Zilda Arns

    Curitiba
    Colégio Estadual Jaime Canet

    Ponta Grossa
    Colégio Estadual Ana Divanir Borato
    Colégio Estadual Polivalente

    Maringá
    Colégio Estadual Brasilio Itibere

    Mandaguaçu
    Colégio Estadual Parigot de Souza

    Fazenda Rio Grande
    Colégio Estadual Cunha Pereira

    Pinhais
    Colégio Estadual Arnaldo Busato
    A sociedade civil e os trabalhadores estão resistindo contra os ataques à Previdência Social, à assistência social, à carteira de trabalho e aos direitos trabalhistas. Também são inaceitáveis os cortes no financiamento habitacional e estudantil.

    Por sua vez, a Medida Provisória 746 exclui disciplinas do ensino médio das áreas de humanas e educação física. A medida foi encaminhada a Câmara dos Deputados sem debate com a sociedade, professores e estudantes. Também é acusada de facilitar a privatização da educação pública. Na extensa lista de críticas, também elencamos que a MP prejudica o ensino noturno, dentro da proposta de período integral, não ficando alternativa para o aluno intercalar trabalho e estudo.

    Os estudantes secundaristas estão corretos, frente a esse quadro, de se mobilizar e ocupar as escolas em Curitiba, região metropolitana, em todo o país contra a MP. A direção do Sismuc se solidariza, apoia, coloca-se à disposição para o que for preciso e promete seguir mobilizando nos seus locais de trabalho contra o que é o maior ataque da História contra os direitos estabelecidos neste país.

    Sismuc
Voltar para o Índice

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Últimas Notícias

Nenhum registro encontrado.

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS