Notícias

Imprimir
  • 12/11/2018 Saúde

    Novembro é mês de cuidados com a saúde dos homens

    Novembro é mês de cuidados com a saúde dos homens
    Ctrls
    A campanha mundial Novembro Azul alerta para importância de realização de exames preventivos na luta contra o câncer de próstata

    A mudança de comportamento dos homens para incorporarem o hábito de consultar um médico e realizar os exames preventivos é o principal desafio da campanha Novembro Azul contra o Câncer de Próstata. Inspirado no modelo mundial que surgiu na Austrália, denominado Moustachge November, e na campanha mundial Outubro Rosa, o Novembro Azul é voltado para prevenção do tipo de câncer mais comum entre os homens e causa da morte de 28,6% da população masculina que desenvolve a doença.

    O SISMUC apoia a campanha mundial e ressalta a importância de os homens procurarem um médico para realização do exame e a busca por orientação.

    No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Conforme dados do Ministério da Saúde, mais de 12 mil homens morrem por ano vítimas do câncer de próstata. A incidência da doença e a mortalidade aumentam após os 50 anos de idade. Os homens negros e obesos são mais propensos a desenvolver este tipo de câncer e o histórico familiar da doença na família é também um fator de risco.

    A única forma de garantir a cura é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem os fatores, devem procurar o urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames podem ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

    Com grande resistência para procurar um médico, milhares de homens deixam de realizar os exames preventivos por preconceito, falta de informação e até mesmo a rotina acelerada. O incentivo de familiares, em especial das mulheres, sejam esposas, mães, filhas, tias é muito importante para alertar os homens. A alimentação balanceada, a prática de atividades físicas regulares e a redução no consumo de álcool são medidas preventivas para evitar a doença.

    Previna-se. O câncer é uma doença silenciosa e o diagnóstico precoce salva vidas.

    Gisele Rossi
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Monsenhor Celso, 225, 9º andar. Conjunto 901/902 - Centro. Curitiba- PR. Cep: 80010-150     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS