Notícias

Imprimir
  • 06/12/2019 Na Pauta

    No mundo de Greca, é melhor torrar em propaganda do que manter as UPAs

    No mundo de Greca, é melhor torrar em propaganda do que manter as UPAs
    Arte: Ctrls
    O desprefeito está mais interessado em garantir verba para propaganda do que em oferecer atendimento de urgência
    Mais um exemplo de como as prioridades do desgoverno Greca são diferentes das necessidades da população de Curitiba.

    Sabe quanto o desprefeito gastou em propaganda somente em 2018? Mais de R$ 24 milhões! E para 2020, mesmo com as restrições devido ao ano eleitoral, ele já garantiu mais de R$ 10 milhões para continuar mostrando na propaganda uma Curitiba que é bem diferente da realidade enfrentada pela população que depende dos serviços públicos.

    Na outra ponta de suas prioridades está a saúde pública oferecida em nossa cidade. Greca está precarizando o serviço público de saúde para poder entregar nas mãos da iniciativa privada – é por isso que ele tem tentado de todas as formas terceirizar as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs).

    Segundo o desprefeito, a terceirização economiza cerca de R$ 400 mil por mês numa UPA. Mas, não é preciso fazer cálculos complexos para perceber que é só parar de torrar o dinheiro público em propaganda que há dinheiro suficiente para manter os serviços públicos de atendimento de urgência e emergência. Cortando outras extravagâncias, daria ainda para aprimorar essa e outras áreas essenciais para a população.

    Quando você precisar ser atendido em uma UPA terceirizada, que não possui atendimento especializado, como de pediatras, por exemplo, lembre-se que esse dinheiro foi usado para colocar placas de propaganda de asfalto e manter outras extravagâncias do desprefeito!

    Vaza Greca!


    Imprensa SISMUC/SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS