Notícias

Imprimir
  • 20/11/2018 Geral

    Coletivo de auxiliares de serviços escolares resgata pauta histórica e inclui novos problemas

    Coletivo de auxiliares de serviços escolares resgata pauta histórica e inclui novos problemas
    Repórter da base
    Primeiro encontro com a nova direção do sindicado aconteceu na segunda-feira

    O Coletivo de Auxiliares de Serviços Escolares se reuniu na noite de segunda-feira (19) na sede do SISMUC para discutir a pauta de reivindicações da categoria. A data-base e os principais problemas enfrentados pelos auxiliares estiveram em debate, além das manobras da administração municipal como a tentativa de ampliação do pacotaço e a proposta de contratação de trabalhadores por meio do Processo Seletivo Simplificado (PSS) , que representa a precarização do trabalho.

    As reivindicações históricas como o período de recesso, os cursos ofertados pela Prefeitura, o desvio de função e a falta de condições nos locais de trabalho também foram retomados na construção da pauta da categoria que trouxe dúvidas sobre diferentes aspectos.

    A direção do sindicato informou aos presentes sobre a reunião que teve com a superintendência da Educação, no último dia 13 de novembro, pra tratar do recesso escolar da categoria. Em primeiro momento a Prefeitura negou, pois informou que há necessidade de cursos. O sindicato fez a solicitação então para que os auxiliares de serviços escolares e agentes administrativos escolares tenham recesso até o dia 5 de fevereiro, retornando para as atividades com curso em período integral nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro. A superintendência se comprometeu em dar uma resposta até o fim deste mês.


    Ainda durante o coletivo a direção do SISMUC relatou os atos e assembleias frente aos ataques do Greca e reforçou a importância da participação de todos e a união para construir a luta por melhores condições de vida e trabalho.


    CMEIs


    Os auxiliares de serviços escolares foram informados e convidados a participar da paralisação prevista para a quinta-feira, 22 de novembro, dos 6 CMEIs que terão turmas de pré fechadas em 2019 e o remanejamento das professoras de educação infantil: Nice Braga (Santa Quitéria), Vila Verde (CIC), Lala Schneider (Sítio Cercado), Jardim Saturno (Santo Inácio), Cinderela (Pilarzinho) e Vila Macedo (Cajuru).


    Ainda no dia 29, está prevista uma paralisação de 50 minutos em todos os CMEIs, em protesto contra as propostas do prefeito que representam o desmonte da educação infantil pública e a precarização das condições de trabalho.


    É importante sua participação para melhores condições de vida e trabalho.

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Monsenhor Celso, 225, 9º andar. Conjunto 901/902 - Centro. Curitiba- PR. Cep: 80010-150     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS