Notícias

Imprimir
  • 08/10/2019 Educação

    Sindicatos reforçam autonomia da organização dos servidores

    Sindicatos reforçam autonomia da organização dos servidores
    Reporter da base
    SME tentou desestimular mobilização convocada para Ópera de Arame
    A Secretaria Municipal de Educação (SME) convocou uma reunião com os sindicatos para “discutir” o chamado que as entidades fizeram aos servidores para se manifestarem na Ópera de Arame no dia 15 de novembro, Dia do Professor.

    Em meio a mais de 10 ofícios não respondidos pela SME, a prioridade da gestão é inibir a mobilização do conjunto dos servidores no mesmo local em que foram atacados pelo governo Greca há pouco mais de dois anos.

    De acordo com a secretaria Maria Sílvia Bacila Winkeler, a escolha do local não foi feita de maneira provocativa. Segundo ela, em nenhum momento, o evento foi associado ao que ocorreu em junho de 2017. E, para os sindicatos, isso é um problema, pois, a gestão do prefeito Rafael Greca não tem memória do cenário de guerra que criou para aprovar o pacotaço e retirar direitos do conjunto dos servidores.

    As direções do SISMMAC e SISMUC deixaram claro que a manifestação é um direito dos servidores municipais e ação da categoria está mantida. Exigimos a reparação dos erros causados pelo pacotaço!

    Pendências

    Os sindicatos aproveitaram o momento de reunião com a Secretaria, raro, diga-se de passagem, nesses quase três anos de gestão, para tratar dos assuntos negligenciados pela administração. As pendências vão desde os problemas na alimentação escolar, passam pelas reivindicações do 6º ao 9º ano e vai até a eleição de diretores. As questões foram respondidas parcialmente na reunião de hoje, as demais reivindicações, como é o caso das séries finais, ficarão para uma próxima agenda.

    Reposição da greve do dia 14

    A Portaria que estabelece as regras para a reposição da greve do dia 14 de junho já foi publicada. Serão três datas possíveis para reposição: 9, 23 e 30 de novembro.

    De acordo com a SME, todos os descontos serão repostos, incluindo o adicional de difícil provimento. Caso a sua unidade tenha se mantido aberta, o profissional poderá repor em outra unidade.

    Crítica à alimentação escolar

    As direções do SISMMAC e do SISMUC criticaram a alimentação fornecida para as crianças pela Prefeitura por meio das empresas terceirizadas. Para além da qualidade dos alimentos, a falta de profissionais na rede também foi denunciada, já que os trabalhadores estão tendo que se desdobrar em dois ou mais, principalmente, nos momentos das refeições para garantir que todos os alunos recebam o lanche.

    A SME solicitou que as unidades escolares denunciem a qualidade do lanche diretamente para o gabinete da secretária Maria Silvia.

    Os sindicatos ressaltaram que não adianta a administração tratar a questão da alimentação escolar como um problema pontual que ocorre em apenas algumas unidades. A Prefeitura precisa garantir qualidade e condições para que todas as crianças sejam bem alimentadas e que existam profissionais em números suficiente para atende-las.

    Fim da dobradinha

    A SME informou que ainda não tem opinião formada sobre a proposta de alteração da lei de eleição de diretores proposta pela base aliada do prefeito Rafael Greca.

    O SISMMAC cobrou que a Secretaria escute a posição da categoria, que já manifestou o desejo pelo fim da dobradinha em amplas assembleias.

    A direção do SISMUC reforçou a necessidade da realização da eleição de diretores dos CMEIs.

    Escola Sem Partido

    Apesar de termos derrubado o projeto de lei do Escola Sem Partido na Câmara, a bancada ultraconservadora apresentou um novo projeto que tenta alterar a Lei Orgânica do Município para proibir a discussão sobre igualdade de gênero e diversidade. A SME reforçou o posicionamento contrário à Lei da Mordaça e seus desdobramentos. Vamos ficar atentos para barrar mais essa ameaça!

    Imprensa SISMUC - SISMMAC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS