Notícias

Imprimir
  • 13/03/2019 Geral

    Reabertura da UPA Pinheirinho foi uma vitória da luta do sindicato com servidores e comunidade

    Reabertura da UPA Pinheirinho foi uma vitória da luta do sindicato com servidores e comunidade
    Repórter da base
    A unidade passou por obras de revitalização e oferece agora melhores condições de trabalho para os profissionais da saúde
    A mobilização dos servidores com apoio do sindicato e da comunidade garantiu a reabertura da UPA Pinheirinho com o retorno das equipes que já trabalhavam no local e no modelo público, funcionando unicamente como estabelecimento integrante da rede de saúde de urgência, como funcionava antes da reforma. Diretores dos SISMUC acompanharam a reabertura da unidade na tarde de terça-feira, 12 de março, em solenidade com o prefeito Rafael Greca e a secretária de saúde Márcia Huçulak.

    Fechada para reforma em 4 de novembro de 2018, na ocasião, a secretária anunciou que a UPA seria reformada para se tornar uma unidade para atendimento de emergências psiquiátricas. Devido a ação do sindicato e a união dos servidores com a comunidade, moradores e comerciantes, que promoveram atos em defesa da UPA Pinheirinho, coletaram assinaturas em um abaixo-assinado e sensibilizou vereadores, a Prefeitura voltou atrás e manteve a unidade como UPA 24 horas e com os servidores que já trabalhavam no local. O abaixo-assinado foi apresentado ao Ministério Público que acatou o pedido do SISMUC para manter os servidores e servidoras no local e reabrir o espaço como unidade da administração municipal.

    Condições de trabalho

    A reforma que inicialmente iria durar um mês acabou durando pouco mais de 3 meses. Conforme informado pela Prefeitura foram investidos R$ 450 mil para renovação de instalações elétricas, hidráulicas e reestruturação de todo o sistema de gases medicinais, recuperando a estrutura inaugurada nos anos 1990. A obra incluiu a construção de banheiros e fraldário na entrada da unidade, ampliação e criação de salas de atendimento, reforma da sala de procedimentos e da recepção, troca de piso e das calhas, pastilhamento, pintura de paredes internas, revisão da cobertura, renovação do mobiliário e ajustes de acessibilidade.

    Além da estrutura revitalizada, com a reabertura foi adotado o sistema chamado de Circuito Direcionado de Atendimentos (CDA), que separa o fluxo dos pacientes de baixo risco (classificados com pulseiras azuis e verdes) dos prioritários (amarelo) e dos de urgência e emergência (laranja e vermelho), com intuito de reduzir o tempo de espera, pois permite aos profissionais direcionarem o atendimento de forma mais precisa a cada tipo de necessidade e reduzir o tempo de espera nos casos não-urgentes.

    A reabertura da UPA Pinheirinho oferece melhores condições de trabalho para os servidores e é um exemplo de que a luta dos trabalhadores garante vitórias. É necessário se unir para as mobilizações que estão por vir. O SISMUC não se calará diante de situações de desmonte e descaso com os serviços públicos! Seguimos firmes!

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS