Sua busca será em:
- Notícias
- Artigos de Opiniões
- Na Pauta
- Vídeos
- Galeria de Fotos

Notícias

  • 29/04/2016 Na Pauta

    Ex-vice da Caixa confirma que Cunha recebeu R$ 52 mi de propina

    Em delação premiada, Fábio Cleto confirmou denúncia contra Eduardo Cunha

    O ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal Fábio Cleto confirmou, em depoimento para o acordo de delação premiada, que Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara dos Deputados, recebeu R$ 52 milhões de propina para liberar verbas do fundo de investidos dos FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para obras no Rio de Janeiro, segundo a Folha de São Paulo.

    O depoimento de Cleto, ex-dirigente da Caixa confirmam as denúncias feitas pelos empresários Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior, da Carioca Engenharia, no final de 2015.

    Segundo os empresários, Cunha cobrou R$ 52 milhões de propina em troca da liberação de verbas do fundo de investimentos do FGTS para o projeto do Porto Maravilha, do qual a Carioca obteve a concessão em consórcio com as construtoras OAS e Odebrecht.

    A PGR (Procuradoria Geral da República) investigava uma possível ligação de Cleto com o esquema, quando ele entrou em contato em busca da delação. A assessoria de Eduardo Cunha não quis comentar a confirmação da denúncia feita por Fábio Cleto.

    O ex-vice presidente da Caixa também disse no depoimento que Eduardo Cunha tem contas secretas na Suíça. O dinheiro da propina teria sido depositado nessas contas.

    R7
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Monsenhor Celso, 225, 9º andar. Conjunto 901/902 - Centro. Curitiba- PR. Cep: 80010-150     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS