Sua busca será em:
- Notícias
- Artigos de Opiniões
- Na Pauta
- Vídeos
- Galeria de Fotos

Notícias

Imprimir
  • 01/07/2016 Fundações

    Prefeitura apresentará projeto da FCC no dia 07

    Prefeitura apresentará projeto da FCC no dia 07
    Foto: Gustavo Henrique Vidal
    Pressão da categoria reforça a necessidade de negociação

    Após o cancelamento de reuniões, servidores da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) protestaram, nesta sexta-feira (1º), em frente à Prefeitura contra a falta de negociação do projeto que corrige as carreiras.

    A preocupação da categoria é com o calendário apertado em ano de Eleições. Os servidores cobram um compromisso da Prefeitura antes dos prazos eleitorais. “Os cancelamentos de reuniões e falta de transparências nas informações repassadas, levam os servidores a acreditar que o projeto pode não ser aprovado ainda este ano”, ressalta Casturina Berquó, coordenadora do Sismuc.

    Para os servidores, além de impedimento de geração de despesas, haverá pouco tempo para discussão na Câmara em meio às campanhas eleitorais. Amanhã (02) é o prazo final para que órgãos públicos gerem gastos para gestões futuras.

    Convocada às pressas, a secretária de Recursos Humanos (SMRH), Meroujy Cavet, atendeu os servidores hoje na Prefeitura. Ela destacou que “não havia compromisso da Prefeitura em aprovar o projeto até o dia 02 de julho”. Segundo Meroujy, a atual gestão segue até o dia 31 de dezembro e poderá aprovar a lei do enquadramento mesmo durante as eleições. Ela destacou, no entanto, que a proposta vai regulamentar, apenas, o enquadramento e o novo descritivo de funções. O Plano de Carreira não está previsto, já que a lei precisa ser alterada

    Em andamento desde 2013, a proposta que define o enquadramento e o descritivo de função chegou a ser enviada à Câmara Municipal de Vereadores (CMC). Sem impacto financeiro ou prazo para implantação da reestruturação, o projeto também não contemplava aposentados. “O projeto foi encaminhado à Câmara somente para indicar que havia intenção da gestão em tratar do assunto. Depois enviaríamos os impactos e as informações”, respondeu Meroujy.

    A secretária afirmou ao final da reunião que no dia 07, na reunião da FCC, a SMRH vai apresentar os impactos financeiros do projeto e indicar as formas de enquadramento de servidores. “Depois de aprovado pela comissão será enviado para câmara”, garante Meroujy.

    O Sismuc e os servidores da FCC esperam que a Prefeitura cumpra com seu compromisso de corrigir as distorções criadas ao longo dos anos na Fundação. “São mais de 3 anos de negociação para que servidores sejam valorizados e tenham garantias na carreira. Essa proposta precisa ser aprovada em 2016”, decreta Casturina.
    Gustavo Henrique Vidal
Voltar para o Índice

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Últimas Notícias

Nenhum registro encontrado.

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Monsenhor Celso, 225, 9º andar. Conjunto 901/902 - Centro. Curitiba- PR. Cep: 80010-150     Fone/Fax: (41) 3322-2475     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS