Na Pauta

  • 21/10/2018 Geral

    Servidores irão protestar contra o fechamento da UPA Pinheirinho

    Servidores irão protestar contra o fechamento da UPA Pinheirinho
    Imagem: Google Street View
    Ato acontecerá na próxima terça, dia 23, a partir das 12h, em frente à unidade.

    Na próxima terça-feira, dia 23 de outubro, os servidores municipais e a comunidade irão se reunir em frente a UPA do Pinheirinho para protestar contra o fechamento da unidade, prevista para o dia 4 de novembro.

    O anúncio do fechamento aconteceu na manhã da sexta-feira, dia 19/10. Em uma reunião com a presença da secretária municipal de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, os servidores da unidade foram comunicados do fechamento da UPA para reforma. A partir do dia 1º de dezembro o local passará a funcionar como uma unidade especializada em emergências psiquiátricas.

    O anúncio pegou os servidores e população da região de surpresa. A secretária alegou diminuição no volume de atendimentos na UPA Pinheirinho após abertura das UPAs do Tatuquara e da CIC, argumento não reconhecido pelos servidores que atuam no local, pois o atendimento tem acontecido de forma normal sem redução da demanda.

    O SISMUC questiona o argumento utilizado pela prefeitura para o fechamento da UPA uma vez que a UPA CIC reabriu há menos de três meses, tempo insuficiente para medir queda de demanda em uma das regiões mais populosas da cidade.

    A atitude da administração demonstra o acelerado e desenfreado processo de precarização dos serviços de saúde da cidade. Para além do fechamento desta unidade, estamos verificando a terceirização das UPAs via Organizações Sociais (OS), o desmonte do programa de Estratégia em Saúde da Família, falta de profissionais, que gera sobrecarga e adoecimento, falta de medicamentos e materiais básicos, além das péssimas condições de trabalho.

    O SISMUC está atento a esses graves ataques da gestão Greca, que desrespeitam tanto os servidores que de repente precisam mudar toda sua rotina de vida pois o local de trabalho não existirá mais, como a população que necessita desses serviços. O sindicato reconhece a necessidade de um local para atendimento especializado de emergência psiquiátrica, mas que isso ocorra sem o fechamento das unidades existentes.

    Imprensa SISMUC
Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br

DOHMS